Conteúdo

Washington vence Seattle em jogo “truncado” e se posiciona como “Wildcard” na NFC

30 de novembro de 2021

(por Edmar Jardim)

Seattle Seahawks e Washington Football Team se enfrentaram no Monday Night Football, com as duas equipes necessitando da vitória para continuarem sonhando com os playoffs, ainda que com poucas esperanças por parte de Seattle, segunda pior campanha da NFC no momento.

 

Jogando em casa, o Football Team repetiu a estratégia utilizada em partidas anteriores, tentando manter a posse de bola em seu poder e consequentemente deixando o aniversariante do dia, Russell Wilson, sentado no banco. O plano de jogo funcionou relativamente bem, pois no pouco tempo que teve de ação no primeiro tempo, Wilson lembrou aquele que estamos acostumados a ver, de antes da lesão, encontrando passes longos improváveis para Tyler Lockett. Em um destes drives curtos, touchdown do tight-end Everett.

 

Washington liderou as ações ofensivas com bom equilíbrio entre passes e corridas, algo que se repetiria também na segunda etapa. O quarterback Taylor Heinicke demonstrou destreza em diversas jogadas, confirmando a boa fase apesar de uma interceptação na primeira etapa. O jogo corrido de Washington também é bastante equilibrado, com o uso de Antonio Gibson e J.D. McKissic no backfield de forma inteligente, sendo este segundo o responsável pelo único touchdown no segundo período, tendo sido a principal opção na redzone. 

 

Destaque pra um chute extra bloqueado e retornado pelo Special Teams de Seattle, resultando em 2 pontos defensivos e na lesão do kicker Joey Slye ao tentar evitar a pontuação.

 

No intervalo, 9-9 no placar. 

 

No retorno das atividades, Wilson voltou ao "novo normal", errando passes curtos, com leituras duvidosas, e principalmente sem acionar Metcalf novamente. Apesar de se dizer apto e sem incômodos da recente cirurgia, "Russ" tem apenas lampejos do quarterback que conhecemos, o que além de muito triste é também preocupante. Aos 33 anos, completados hoje, e com Pete Carrol ainda no comando, o que esperar dos próximos anos? 

 

Os donos da casa, que não tem nada com isso, voltaram a proteger bem a bola e anotaram o segundo touchdown da equipe na noite, novamente com McKissic, e logo pós uma conversão. Mantendo a posse de bola mais que o dobro de tempo que Seattle, Washington simplesmente pregou a defesa dos Seahawks, que até vem apresentando evolução e fez um bom primeiro tempo, mas ficar quase que o jogo inteiro em campo não é fácil pra ninguém.

 

Defesa esgotada, cronômetro também. Russell Wilson ainda teve um bom drive final, já sem timeouts e com pouco mais de 2 minutos, anotando o touchdown e deixando a diferença em apenas 2 pontos, mas foi interceptado na conversão, dando números finais ao placar.

 

Final: Washington Football Team 17-15 Seattle Seahawks

 

Washington se posiciona como Wild Card nesse momento, com 5 vitórias e 6 derrotas, e claramente está vivo na briga pela vaga, com sua defesa e seu quarterback em plena ascensão e vivendo ótima fase.

 

Os Seahawks estão praticamente eliminados, e precisam repensar muita coisa nestas semanas restantes, onde basicamente a equipe vai cumprir tabela e ter bastante tempo pra discussões em ambiente desagradável nos vestiários. Pete Carrol continuará em 2022?