Conteúdo

Volante do PSG teria se negado a usar cores no uniforme contra homofobia, afirma jornal

16 de maio de 2022

por Igor de Paiva

O uso das cores do arco-íris em algum detalhe do uniforme em prol da luta contra a homofobia já é uma prática muito conhecida, entretanto, também não são raros os casos de jogadores que se recusam a entrar em campo por conta disto. Assim sendo, no último sábado, o jogador Gana Gueye, do PSG, se recusou a entrar em campo contra o Montpellier, em partida válida pela Ligue 1. 

A informação é do jornal francês "Le Parisien", que além disso, afirmou que o ato tem explicação a base de motivos religiosos e pelo fato do jogador não querer se juntar a causa, Por fim, também foi noticiado que o fato entristeceu os bastidores da equipe, causando um grande mal-estar. 

Sendo o segundo ano em que o jogador se nega a jogar perto da data, que comemora o dia mundial da luta contra a homofobia, o caso não teve resposta oficial do PSG.