Conteúdo

Vitória apertada do Heat, shows de Mikal Bridges e CJ McCollum e muito mais!

10 de janeiro de 2021

(por Rafael Lima e Diego Dias)
 

Confira como foi a rodada deste sábado (09):
 

Miami Heat 128 @ 124 Washington Wizards

Sem Bradley Beal, em quarentena preventiva após ter mantido contato próximo com o celta Jayson Tatum no jogo anterior, e sem Russell Westbrook com uma lesão no quadríceps, os Wizards até tiveram bom desempenho coletivo durante a primeira metade do duelo, que teve alto volume ofensivo de ambas as equipes. Mas, os constantes erros de ataque de Washington, aliados aos inspirados Goran Dragic no perímetro e Tyler Herro nos dois lados da quadra, fizeram o Heat abrir uma larga vantagem de 18 pontos ao atingir a marca centenária ainda com o último quarto restando. Tal conforto acabou relaxando a equipe de Miami e os Wizards voltaram a encostar no placar com as cestas de Moritz Wagner e Garrison Matthews, mas o Heat conseguiu segurar a vitória.

Herro (31 pontos e 9 rebotes) acabou como o cestinha do confronto, seguido de perto pelos 29 pontos de Butler (10 rebotes e 9 assistências). O croata Dragic foi quase perfeito do perímetro (7 de 9 chutes). Já pelos Wizards Matthews foi o melhor pontuador com 22 e o novato israelense Deni Avdija se recuperou no decorrer do jogo para fechar com sua melhor marca na temporada (20 pontos, 5 bolas de longa distância).

 

Phoenix Suns 125 @ 117 Indiana Pacers

O Phoenix Suns veio para a partida diante do Indiana Pacers depois de ter sido surpreendido pelo fraco time do Detroit Pistons. Por isso, todo cuidado seria pouco para não sofrer a segunda derrota consecutiva. A partida foi de imenso equilíbrio, com ambos os times abusando das cestas do perímetro. Justin Holiday e Malcolm Brogdon lideravam Indiana, porém, a equipe não tinha o antídoto para atuação brilhante de Mikal Bridges.

O jogo seguiu quase o tempo todo parelho no placar, Phoenix Suns se mantinha na frente, mas os Pacers não deixavam o adversário abrir uma grande diferença. No entanto, no quarto período, Bridges e Chris Paul foram decisivos para o time do Arizona colocar dígitos duplos de frente. A partir daí, foi só administrar o jogo e sair com uma importante vitória.

Mikal Bridges bateu seu recorde pessoal de pontos com 34 anotados. Devin Booker, como sempre, contribuiu bem, marcando 25 pontos e 7 assistências. Pelos Pacers, Domantas Sabonis seguiu fazendo a sua parte com 28 pontos e incríveis 22 rebotes. Além dele, Malcolm Brogdon também se destacou com 22 pontos, 6 rebotes e 9 assistências.

 

Denver Nuggets 115 @ 103 Philadelphia 76ers

Enfrentando um surto de Covid dentro da equipe, os Sixers relacionaram apenas oito jogadores para o jogo, quantidade mínima para a realização de uma partida. Mas, o ala Mike Scott literalmente "só fez número”, pois não está em condições físicas de atuar. Ainda assim, a equipe fez jogo equilibrado contra os Nuggets comandada, pelo novato Tyrese Maxey, cestinha da tarde. No entanto, a baixa rotação de Philadelphia acabou sucumbindo no terceiro quarto, quando Denver abriu vantagem no placar e não foi mais alcançado.

Gary Harris, convertendo cinco cestas de longa distância, foi o principal pontuador dos Nuggets, com 21. O sérvio Nikola Jokic ficou perto do triple-double ao obter 15 pontos, 9 rebotes e 12 assistências enquanto Monte Morris (12 pontos e 4 assistências) e JaMychal Green (12 pontos e 6 rebotes) ajudaram vindos do banco. Pelos desfalcados Sixers, além dos 39 pontos, 7 rebotes e 6 assistências de Maxey, os bigs Dwight Howard (11/11) e Tony Bradley (11/15) também tiveram boas performances.

 

Orlando Magic 98 @ 112 Dallas Mavericks

Outra equipe que sofre com ausências no plantel, o Magic deu bastante trabalho para os Mavericks, não deixando os texanos se distanciarem no placar, graças ao bom aproveitamento da dupla de garrafão Nikola Vucevic e Aaron Gordon. No entanto, os Mavs se recuperaram de um início ruim de terceiro quarto e, comandados por Tim Hardaway Jr e Trey Burke, e pelo excelente desempenho da linha de três pontos (54% no período), viraram o jogo e encaminharam o resultado nos 12 minutos finais, com o esloveno Luka Doncic tendo seu melhor momento na noite.

Destaques para os 36 pontos do cestinha Hardaway Jr e suas 8 cestas de longe. Burke igualmente se aproveitou do perímetro para converter 7 cestas e terminar com 29 pontos. Doncic foi mais playmaker (ops) na partida, mas foi mais ao ataque no final e chegou ao triple-double (20/11/10). Do lado de Orlando, Vucevic fez um double-double com 30 pontos e 15 rebotes e Gordon pontuou 16 vezes e distribuiu 5 assistências.

 

Cleveland Cavaliers 90 @ 100 Milwaukee Bucks

Apesar de não contar com Giannis Antetokounmpo, lesionado na partida contra o Utah Jazz, o Milwaukee Bucks foi dominante para vencer em casa o Cleveland Cavaliers.

Os Bucks tomaram as rédeas do confronto desde o início, com uma defesa marcante, que se aproveitou dos problemas de armação dos Cavs para abrir vantagem logo no primeiro quarto. Cleveland tentava prevalecer no garrafão, mas a transição rápida e os arremessos quentes do perímetro faziam Milwaukee aumentar a diferença. Nesta toada, sob a batuta de Khris Middleton, o time da casa derrotou os Cavaliers sem sustos.

Middleton anotou 27 pontos, 5 rebotes e 6 assistências, servindo de contraponto para a atuação quente de Andre Drummond, que foi o dono do garrafão dos dois lados da quadra, anotando 26 pontos e 24 rebotes.

 

Portland Trail Blazers 125 @ 99 Sacramento Kings

Massacre! Passeio! Banho de bola! Enfim, chame do que quiser a vitória maiúscula do Portland Trail Blazers diante do Sacramento Kings. Sempre é bom contar com mais de uma estrela no time, enquanto Damian Lillard estava frio, errando bastante, CJ McCollum jogou pelos dois, na verdade compensou o time inteiro, que apesar de não ter atuado mal, não teve nenhum destaque especial. 

McCollum estava confiante e tudo o que tentava concluía com sucesso, assim, Portland foi abrindo vantagem que chegou a 31 pontos em determinado momento. Na metade do quarto período os Blazers se deram ao luxo de tirar seus principais jogadores e dar minutos para os que pouco atuam, de tão tranquilo que foi o triunfo.

McCollum anotou 37 pontos, enquanto seu parceiro Lillard fez 17 pontos e cedeu 6 assistências. 

 

Atlanta Hawks 105 @ 113 Charlotte Hornets

Saiba como foi a grande vitória dos Hornets, liderada por LaMelo Ball: 

https://www.playmakerbrasil.com.br/noticia/lamelo-faz-historia-trio-decide-e-hornets-superam-hawks-0

 

San Antonio Spurs 125 @ 122 Minnesota Timberwolves

Confira tudo sobre esse jogaço aqui:

https://www.playmakerbrasil.com.br/noticia/derozan-faz-grande-partida-e-spurs-derrotam-os-timberwolves-em-minnesota-na-prorrogacao