Conteúdo

Verstappen segue lamentando o resultado no GP do Azerbaijão: “Ainda estou chateado e decepcionado”

11 de junho de 2021

(por Rafael Lima)
 

Max Verstappen ainda não se conformou com o resultado em Baku, quando abandonou o GP na primeira colocação há cinco voltas do final, após um estouro no pneu. Em entrevista ao site da revista inglesa Autosport, o piloto holandês falou sobre o ocorrido no Azerbaijão e projetou a disputa com a Mercedes nas próximas provas. “Ainda estou chateado e decepcionado, porque deveríamos abrir mais vantagem no campeonato. Foi um infortúnio, mas também tive um pouco de sorte quando Lewis não marcou pontos. Mas, apesar disso, é claro que não é isso que queríamos. Deveríamos ter uma vitória confortável aqui, especialmente porque pareceu que tínhamos uma vantagem sobre a Mercedes nos circuitos de rua, o que é bom”, disse Max. “Mas é por isso que queria marcar mais pontos, porque sei que quando voltarmos para os circuitos permanentes, eles (Mercedes) são duros e difíceis de bater”, seguiu. 

Verstappen continuou falando da última corrida. “Não estava nada difícil. Sinceramente, inicialmente eu estava apenas igualando o ritmo que vinha atrás. Em algum ponto, antes do safety-car, eu estava 0s3 ou 0s4 mais rápido por volta, eu nem estava desgastando os pneus, estava bem confortável. Depois da relargada, abri minha vantagem para quatro segundos, bem confortável. Estava apenas trazendo o carro de volta para casa sem me arriscar”, explicou o holandês. “É isso que torna mais decepcionante, porque não espero que estas corridas fáceis aconteçam de forma que podemos ganhar 25 pontos. Porque quando voltarmos para as pistas normais, a Mercedes também vai voltar e será uma briga difícil”, concluiu.