Conteúdo

Verstappen detona Wolff após comentários sobre acidente de Sainz: 'não espero nada menos dele'

18 de novembro de 2023

(por Matheus Landim)

 

Após uma sexta-feira caótica, com o primeiro treino livre sendo cancelado após 10 minutos e o segundo treino livre sofrendo um atraso de algumas horas, uma certa tensão se instalou nos bastidores, especialmente após Carlos Sainz ser penalizado devido a um erro da própria organização do GP. Isso ocorreu quando seu carro sofreu danos significativos ao passar por um bueiro estourado, levando à necessidade de troca de componentes.

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, expressou sua opinião, chamando a situação de "completamente ridícula" e destacando que se trata apenas de um incidente de corrida que já ocorreu antes e poderia acontecer com qualquer equipe. Ele comentou: "E então você está falando sobre uma maldita tampa de bueiro que saiu do lugar. Isso já aconteceu antes! Isso não é nada, é F1!"

Toto também aproveitou a oportunidade para elogiar a Liberty Media, responsável pela organização do evento. Mesmo que a Mercedes não tenha obtido resultados excepcionais, Wolff reconheceu o trabalho da Liberty no GP:

"Dê crédito às pessoas que montaram este Grande Prêmio, que tornaram este esporte muito maior do que nunca. Você deveria falar sobre todas essas pessoas que estiveram aqui. Liberty fez um trabalho incrível e só porque na FP1 uma tampa de drenagem se desfez, não deveríamos estar reclamando."

Ele acrescentou que, apesar do carro danificado, o mais importante é garantir a segurança dos pilotos. Para ele, a FIA, a pista e todos os envolvidos devem analisar como evitar que incidentes semelhantes ocorram no futuro.

Max Verstappen, por outro lado, considerou os eventos como erros que acontecem, enfatizando a necessidade de a FIA prestar atenção especial às pistas de rua para evitar que tais situações se repitam. Ele sugeriu que o tom de Wolff poderia ter sido diferente se o incidente envolvesse a Mercedes:

“Você sabe que quando você vai a um circuito de rua, essas coisas podem causar problemas. Então você deve estar preparado para isso. E eu acho que se fosse o carro dele, ele teria falado de forma diferente. Mas eu não espero nada menos dele," disse Max.

Apesar de Carlos Sainz não ter sofrido ferimentos, Verstappen demonstrou preocupação com o piloto espanhol, reconhecendo que a situação poderia ter sido muito pior. Ele compartilhou: "Nós também teríamos ficado muito zangados, como a Ferrari. Com certeza, o carro inteiro está arruinado. Carlos também disse que não sentiu as pernas por alguns segundos, então o acidente poderia ter sido muito pior."