Conteúdo

Vence o Fluminense! Fábio e Cano decidem e Flu vence Millonarios de virada na Colômbia

22 de fevereiro de 2022

(por Daniel Morales)
 

No estádio El-Campín, em Bogotá, o Fluminense bateu de virada o Millonarios pelo placar de 2 a 1. Com gols de David Braz e German Cano, o time de Abel Braga aproveitou a vantagem de ter um homem a mais durante boa parte da peleja para vencer o os donos casa e ficar bem próximo da classificação da segunda fase da pré-Libertadores. 

O Jogo

O time do Millonarios aproveitou a vantagem de jogar em casa e, logo aos 7 minutos do primeiro tempo, Sosa aproveitou falha de Cris Silva para ficar na cara de Fabio e fuzilar o gol tricolor. Millonarios um a zero.

Após o gol sofrido, o Tricolor passou a ficar mais com a bola e cercar a área colombiana, porém, sem muita objetividade e sofrendo com a boa marcação do time de azul, que por sua vez saía rápido em contra-ataque aproveitando a péssima reposição defensiva do time de Abel Braga. Mas, as coisas começaram a mudar a favor do time brasileiro.

Aos 19’, Sosa já na linha de fundo deu uma cotovelada em Willian Bigode e foi expulso. E, já na metade do jogo, depois de receber um passe na entrada da grande área, Fred não conseguiu prosseguir na jogada por dores na coxa e na hora pediu para sair. O que melhorou com a saída do nove? Cano entrou em seu lugar e com isso o ataque tricolor ficou mais móvel, pois Fred junto com Willian estava deixando o lado ofensivo do Flu muito lento.

E o gol não demorou muito a sair. Aos 43 minutos, Yago Felipe chutou colocado, Montero goleiro, do Millonarios, não conseguiu segurar, Luiz Henrique recuperou a bola e tocou para David Braz chutar para o gol vazio e empatar o jogo. Era o empate do Fluzão, que graças à qualidade de seus jogadores conseguia ter mais a bola e jogava melhor. A primeira etapa findou em 1x1 no El Campín. 

Para o segundo tempo Abel voltou a mexer. Willian Bigode deixou o campo para entrada de Jhon Arias e, com um time ainda mais leve no ataque, o Fluzão começou o segundo tempo já com duas chances claras de gol. Calegari conseguiu evitar a saída de bola pelo lado direito e tocou para Luiz Henrique, que abriu e chutou para Montero fazer grande intervenção. A jogada seguiu e do lado esquerdo, Cris Silva tabelou com Arias e o lateral esquerdo finalizou, mas a redonda saiu direto para linha de fundo.

O Fluminense voltou com tudo para segunda etapa, mas quase tudo foi por água abaixo. Yago Felipe fez pênalti em Daniel Ruiz e colocou tudo a perder. Mas, Fábio fez provar o porquê da sua contratação ter sido tão necessária. O capitão do Millonarios, Macalister Silva, bateu o penal, mas Fábio fez grande defesa! Seguia 1x1.

Após o pênalti perdido os donos da casa foram com tudo para cima. E mesmo com um a menos dominou o meio de campo e ficava mais com a bola. Daniel Ruiz chegou a ficar na cara do gol, mas David Braz rasgou a jogada salvando o gol tricolor. Foi aí que entrou o momento chave do jogo.

Abel Braga tira Felipe Melo para entrada de Paulo Henrique Ganso e Yago para substituir Martinelli. Com as mexidas de Abelão, o Flu passou a ganhar o meio de campo e ganhou o jogo. Aos 77’, Martinelli faz linda enfiada para Luiz Henrique, que toca para German Cano empurrar para o gol vazio. Virada do Fluzão! 

Depois de virar o jogo o tricolor não recuou. Com mais homens de meio de campo, passou a controlar o jogo e cadencia-lo. E ainda teve duas oportunidades de fazer o terceiro e matar o confronto, com Luiz Henrique e German Cano, mas ambos perderam o tento ao tentar encobrir o goleiro adversário. Vence o Fluminense! Com grandes atuações individuais de Fabio, Cano, David Braz e Martinelli, o Fluminense conquistou uma grande vitória e colocou um pé na próxima fase da Libertadores. O Flu jogará por qualquer empate na volta, no Rio de Janeiro, para avançar para a próxima etapa da competição continental. 

Final de jogo: Millonarios 1 x 2 Fluminense