Conteúdo

Valtteri Bottas fez o melhor tempo da sexta-feira na Hungria; confira as declarações dos 10 primeiros colocados

30 de julho de 2021

(por Rafael Lima)

Os treinos de sexta-feira na Hungria mostraram a Mercedes competitiva com a dobradinha de Bottas e Hamilton, enquanto a Red Bull fez o terceiro com Verstappen e o quinto com Sergio Perez. O intruso entre os dois foi Esteban Ocon da Alpine. As condições climáticas foram um grande fator e todos os pilotos falaram sobre isso. Confira, em ordem de classificação, o que os 10 primeiros disseram após a última sessão.

Valtteri Bottas: “No treino livre 1, com o equilíbrio que tivemos, diria que teríamos muito trabalho a fazer, mas reagimos e nos sentimos bem, mas há mais pela frente”, Disse o piloto, que esbanjou otimismo. “Parece que amanhã vamos lutar pela pole". Concluiu.

Lewis Hamilton: “Estou bem otimista com as temperaturas extremas neste momento. Estou otimista porque definitivamente podemos evoluir o balanço do carro e isso nos colocar em uma boa posição para a corrida. Mas, claro, é muito melhor pilotar quando está fresco”.

Max Verstappen: “Fizemos alguns ajustes, acho que tentamos algo do TL1 para o TL2, então precisamos analisar o que deu certo e o que não deu certo. A pista também estava muito quente, então nunca é fácil”, afirmou o líder do campeonato.

Esteban Ocon: “Eu nunca vi temperaturas de pista acima de 60 °C em minha carreira". Falou o francês. "É um início de fim de semana positivo, gosto de guiar aqui, mas amanhã temos de continuar trabalhando muito para a classificação, que sabemos que será uma sessão importante nesta pista”. Completou.

Sergio Pérez: “O carro parece bom em longas e curtas tentativas. Acho que definitivamente há o que melhorar. Eu fiquei preso no tráfego nas duas sessões, então acho que há muito a ser disputado até a classificação de amanhã”.

Pierre Gasly: “Estou muito satisfeito com hoje, particularmente após Silverstone, onde tivemos alguns problemas. É bom ver que a performance voltou. O carro se comportou bem nestas condições de alta temperatura. Agora é esperar para ver como será amanhã”.

Fernando Alonso: “Testamos algumas coisas diferentes no carro, algumas delas pensando nas altas temperaturas em Budapeste. Ainda não temos um equilíbrio perfeito, então teremos que trabalhar muito esta noite, mas estamos chegando perto. No geral, dia produtivo”.

Lando Norris: "A temperatura não facilita muito as coisas, mas vamos tentar garantir que faremos um trabalho melhor com isso amanhã e vamos melhorar nesta noite. Mas acho que estamos por ali, então vamos ver se ganhamos um pouco mais amanhã”.

Lance Stroll: "Me senti bem no carro em volta lançada, mas sempre tem áreas em que podemos melhorar. Foi um bom início de fim de semana e estou ansioso para a classificação de amanhã. Pode ser especialmente empolgante se chover também”.

O treino que define a classificação para o GP da Hungria será neste sábado (31) às 9h30 com transmissão da Band.