Conteúdo

UFC on ESPN 38- Em luta fantástica, Gamrot vence Tsarukyan; Rakhmonov demonstra que o ‘hype’ é real, Thiago Moisés traz a vitória e mais

26 de junho de 2022

(por Rafael Lima)

O Ultimate voltou a Las Vegas e mais uma vez apresentou um grande show para os fãs de MMA, como nas últimas edições. Mesmo sendo uma edição sem lutadores consagrados, apreciamos lutas espetaculares. Confira como foi o card principal e todos os resultados do preliminar.


Muita técnica! Mateusz Gamrot venceu Arman Tsarukyan

Dois pesos-leves em grande fase colocaram a prova suas sequências positivas. Desde o início ambos buscaram o combate com muita volúpia e técnica, Arman Tsarukyan trocava, mas era mais efetivo colocando o combate para baixo, levando a melhor no primeiro assalto.

Já no segundo, Tsarukyan manteve a estratégia, porém, Mateusz Gamrot passou a defender melhor, frustrando um pouco o adversário. Apesar disso, Tsarukyan mostrou sua versatilidade e o puniu o oponente com chutes fortes que o mantiveram na frente.

Gamrot melhorou no terceiro round, conseguiu uma queda, buscando as costas de Tsarukyan, tentou evoluir nas posições, mas o armênio levantou. Na reta final, Tsarukyan voltou a pressionar, mas não foi efetivo a ponto de virar a parcial.

Já na quarta etapa, depois de algumas trocas de golpes, Tsarukyan conseguiu um soco rodado que gerou um knockdown. Em desvantagem, Gamrot sabia que não poderia perder esse round, e o polonês conseguiu a queda, evoluiu para as costas e colocou pressão até o fim do assalto, deixando a situação complicada para os árbitros laterais.

Com a possibilidade de duelo empatado, Gamrot rapidamente conseguiu uma queda para tentar dominar o quinto round, mas Tsarukyan levantou e acertou bons chutes no corpo. A partir daí, ambos foram para a trocação franca, deixando o assalto totalmente imprevisível, entretanto, foi aí que Gamrot aplicou a queda que pode ter definido o combate em seu favor. Esse foi o quarto triunfo consecutivo de Gamrot, quebrando uma invencibilidade de cinco lutas de Tsarukyan.


Uma estrela surgindo? Shakvat Rakhmonov venceu Neil Magny por finalização no segundo round

Shakvat Rakhmonov foi o octógono para provar que sua invencibilidade na carreira não é por acaso, porém, do outro lado, Neil Magny queria mostrar ao UFC que não serviria de escada para ninguém.

Mas, foi começar o combate para todos verem a superioridade do cazaque. Magny tentou investir nos chutes, porém, Rakhmonov logo colocou a luta para baixo, controlando o combate e tentando aplicar um ground and pound, que apesar de não ter sido contundente, definiu o round totalmente dominado pelo ex-campeão do KZMMAF e do M-1.

No segundo assalto, Rakhmonov rapidamente levou a luta para o solo, batendo por cima e fazendo boas transições para posições melhores. O cazaque variava socos e tentativas de achar espaço para finalizações, até que na reta final conseguiu aplicar uma justa guilhotina que encerrou a ação. Rakhmonov colocou o nome mais famoso em sua lista de vítimas.


De virada! Josh Parisian venceu Alan Baudot por nocaute técnico no segundo round

O francês Alan Baudot queria impor uma grande vitória para se credenciar ao card principal do futuro evento em seu país. Baudot foi para cima e atacou com muita intensidade logo de cara. Uma bomba do francês causou um knockdown em Josh Parisian. Baudot passou a aplicar um ground and pound com uma avalanche de golpes, deixando o oponente ensanguentado com ferimentos no olho. Parisian conseguiu uma fantástica recuperação, levando ao chão e batendo por cima com muita efetividade.

No segundo round, Parisian voltou a investir em quedas. Na segunda, ele passou a aplicar uma sequência de torpedos que fez o árbitro encerrar o combate.


Atuação de gala! Thiago Moisés venceu Christos Giagos por finalização no primeiro round

Thiago Moisés tinha uma estratégia clara e a executou com perfeição. O brasileiro rapidamente encurralou Christos Giagos e logo aplicou uma queda. Thiago foi para as costas do americano e passou a evoluir na transição até acertar um mata-leão que definiu o combate de forma implacável. Que espetáculo do brasileiro!


Show do primo do Khabib! Umar Nurmagomedov venceu Nate Maness por decisão unânime

Umar Nurmagomedov, invicto na carreira, teve a pedreira Nate Maness, que nunca havia sido derrotado no UFC, com um grande desafio. Porém, desde o primeiro round, o russo mostrou que era o mais habilidoso no octógono. Maness começou melhor, apostando na trocação, mas logo Nurmagomedov travou a luta e passou a impor danos fortes ao adversário.

No segundo assalto, Umar rapidamente levou o duelo ao chão, dominou o ombro de Maness e foi para a meia-guarda. Depois de estabilizar a posição, o primo e pupilo de Khabib desferiu golpes pesados no ground and pound para tomar conta de mais uma etapa.

Na etapa final, Maness, em desvantagem, foi para cima, porém, recebeu um golpe impactante de encontro. Umar, em vantagem física e psicológica, colocou o combate ao chão, aplicando cotoveladas por cima para magoar o americano mais uma vez. Mais uma performance dominante de Umar Nurmagomedov!


Não deu para o Brasil! Chris Curtis venceu Rodolfo Vieira por decisão unânime

Rodolfo Vieira foi ao octógono disposto a mostrar todo seu talento no jiu-jítsu e iniciou o combate buscando a queda, mas acabou caindo por baixo. Chris Curtis, mesmo assim, não quis manter o confronto no solo. O primeiro assalto foi amarrado, com o brasileiro tentando colocar para baixo, mas Curtis resistia às quedas, porém, sofria com os golpes baixos, já que Rodolfo acertou dois na primeira etapa.

O brasileiro foi para o segundo round tentando trocar com o americano, Rodolfo insistia em jabs e chutes baixos. Chris Curtis era bem apático, porém, na reta final, conseguiu boas combinações, que pareceram garantir o assalto.

Rodolfo tentou aplicar a estratégia das quedas no terceiro round, mas Curtis tinha uma boa postura na defesa de quedas e era um pouco melhor na trocação, o que bastou para vencer o duelo.


Confira os resultados do card preliminar:

Carlos Ulberg venceu Tafon Nchukwi por nocaute técnico no primeiro round
Shayilan Nuerdanbieke venceu TJ Brown por decisão unânime
Sergey Morozov venceu Raulian Paiva por decisão unânime
Cody Durden venceu JP Buys por nocaute técnico no primeiro round
Mario Bautista venceu Brian Kelleher por finalização no primeiro round
Vanessa Demopoulos venceu Jinh Yu Frey por decisão dividida.