Conteúdo

UFC corre atrás de nova casa no Brasil

5 de agosto de 2022

(por Igor de Paiva)

A maior organização de lutas do mundo está batendo de porta em porta para ter uma casa no Brasil. Nas últimas horas surgem notícias que a alta cúpula do UFC procurou a BAND para cobrir os eventos. Agora, o nome da vez para ser a dona dos direitos de transmissão é o grupo Disney.

Os líderes do UFC foram até a direção dos canais na América Latina. A ideia é que o Brasil entre no pacote de países que a Disney já tem transmissão. Vale lembrar que a ESPN é o principal parceiro do UFC nos Estados Unidos.  

Em suma, a proposta feita pelo aglomerado e a Band são bem semelhantes. Assim sendo, houve negociações para que ambas transmitissem os combates. Ao todo, são 12 lutas do card principal para serem veiculados no Brasil, mas a ESPN ofereceu seus canais para passar as lutas preliminares.

A relação entre a Rede Globo e o UFC está bem estremecida. A alta cúpula comandada por Dana White enxerga que a organização está sendo usada para conseguir mais assinantes para o serviço de pay-per-view da maior emissora nacional.

Do outro lado da moeda, a Globo já tem outros planos. A ideia é encher a programação de eventos de Boxe de uma grande produtora americana e uma nova competição de kickboxing.