Conteúdo

Tudo delas! Marina e Mackenzie fazem 'Luta da Noite' e mulheres levam todas as premiações pela primeira vez no UFC

10 de outubro de 2021

(por Leandro Chagas)

Tendo duas brasileiras como atração principal, o UFC Vegas 39 entrou para a história da maior organização de MMA do mundo. Isso porque no evento realizado no último sábado (09), pela primeira vez todas as premiações de um card do Ultimate foram entregues só para mulheres. A "Luta da Noite" foi justamente o main event, que colocou frente a frente Marina Rodriguez e Mackenzie Dern. Já os bônus de "Performance da Noite" dados para Lupita Godinez e Mariya Agapova. Confira abaixo todos os detalhes das lutas premiadas:

No confronto de estilos, Marina Rodriguez vence Mackenzie Dern e se aproxima do title shot

O duelo começou com bastante estudo, com ambas as atletas tentando achar a distância. Especialista na luta em pé, Marina Rodriguez desferia alguns chutes frontais e jabs, para pontuar e evitar a aproximação de Mackenzie Dern, multicampeã de jiu-jitsu. Quando o round se aproximava da metade, de forma meio atabalhoada, Dern tentou se aproximar para buscar a luta agarrada, mas foi frustrada por Marina que rapidamente se desvencilhou. Contudo, a faixa-preta não desistiu, e após soltar uma sequência de socos, grampeou a adversária na grade. Mesmo fazendo muita força, a americana-brasileira não conseguiu a queda, e o assalto se encerrou com as duas trocando alguns golpes no centro do octógono, com vantagem para Marina

Ciente dos perigos do muay-thai de Rodriguez, Dern já começou o 2° round buscando a queda. Em uma dessas tentativas, ela conseguiu se embolar com a gaúcha, ficando por cima após fintar uma de chave de pé. Mesmo por baixo, de forma surpreendente Marina encaixou um triângulo de mão, defendido de forma inteligente por Mackenzie que ao se desvencilhar da posição, partiu para um crucifixo, dominando os dois braços de sua oponente, progredindo para a montada, de onde terminou o round golpeando e buscando uma finalização que acabou não saindo. 

Após ser pressionada no chão, Rodriguez voltou disposta a dar o troco. Andando para frente, a gaúcha variava chutes e socos, mostrando mais potência nos golpes que Dern, que após fazer muita força no round anterior, parecia um pouco mais cansada. No final do assalto, a faixa preta de jiu-jitsu até tentou uma queda, mas ao entrar nas pernas de Marina, acabou levando alguns golpes pesados.

Na quarta etapa do combate, Mackenzie até tentou ser mais agressiva na luta em pé andando para frente, mas mesmo quando caminhava para trás, era Marina que acertava os melhores golpes. Se aproveitando de sua maior envergadura, Rodriguez continuava soltando seus chutes, alternando entre barriga e perna, acertando também jabs e diretos quando as brechas surgiam. Faltando pouco menos de 40 segundos, Mackenzie conseguiu uma queda, caindo por cima e trabalhando o ground and pound, terminando o round atacando uma omoplata. 

Ciente de que estava perdendo o confronto, Dern começou o assalto final partindo pra cima. De forma inteligente, Marina saia do raio de ação da oponente, circulando no octógono e desferindo golpes, com destaque para os chutes frontais, utilizados em praticamente todo o duelo. Mackenzie até tentou levar a luta para o solo, mas o embate permaneceu em pé, e Rodriguez continuou com um volume maior de golpes, quase sempre precisos, confirmando a sua vitória por decisão unânime dos juízes, e ficando mais próxima de uma chance pelo cinturão da divisão das pesos-palhas. O combate movimento foi escolhido como a "Luta da Noite", rendendo a ambas as atletas 50 mil dólares (cerca de R$ 275 mil).

Viva, México! Lupita Godinez finaliza Silvana Gomes Juarez e vence primeira no UFC

No card preliminar, se impondo desde o início da luta, a mexicana Lupita Godinez encaixou uma sequência de socos na estreante Silvana Gomes Juarez, que se viu encurralada na grade. Aproveitando o momento, Lupita encurtou a distância e rapidamente jogou a argentina no solo partindo para as costas, onde permaneceu grampeada mesmo quando a luta ficou de pé. 

De tanto insistir, Godinez conseguiu uma nova queda quando faltavam cerca de dois minutos para o fim do round. Pegando novamente as costas de "La Malvada", a mexicana conseguiu uma linda finalização ao fazer uma transição para um arm-lock, obrigando Silvana a dar os três tapinhas de desistência aos 4:14 minutos. Além de "levar o braço" da adversário para casa, "Loopy" conquistou sua primeira vitória no Ultimate, levando de quebra um bônus de 50 mil dólares por uma das "Performances da Noite".

Dominando de ponta a ponta, Mariya Agapova finaliza Sabina Mazo no terceiro round 

O outro bônus da noite bônus saiu no card principal, em duelo entre as pesos-moscas Sabina Mazo, do Cazaquistão, e Mariya Agapova, da Colômbia. Mazo começou andando pra frente, tentando controlar o centro do octógono. Mesmo caminhando para trás, Agapova era quem acertava os melhores golpes, com destaque para os diretos de direita, levando uma clara vantagem na trocação e vencendo o round.

No segundo assalto, mais do mesmo. Mostrando muita precisão, Mariya acertava Sabina enquanto se movimentava para trás, combinado jabs, diretos e chutes, deixando a colombiana com um ferimento no nariz. Para piorar, ao tentar uma queda no minuto final, "Colombian Queen" acabou caindo numa guilhotina, da qual ela acabou escapando depois. 

Após perder os dois primeiros rounds, Mazo tentou apertar o passo, se abrindo mais na trocação logo no minuto inicial. Se aproveitando do "desespero" da oponente, Agapova acertou uma bomba de direita no queixo de Mazo, que caiu na posição de quatro apoios. Sem perder tempo, a cazaque pulou nas costas da colombiana, finalizando rapidamente com um mata-leão. 

Veja abaixo todos os resultados do UFC Vegas 39:

CARD PRINCIPAL

Marina Rodriguez venceu Mackenzie Dern por decisão unânime
Randy Brown venceu Jared Gooden por decisão unânime
Matheus Nicolau venceu Tim Elliott por decisão unânime
Mariya Agapova venceu Sabina Mazo por finalização no 3º round
Chris Gutierrez venceu Felipe Cabocão por decisão dividida

CARD PRELIMINAR

Alexandr Romanov venceu Jared Vanderaa por nocaute no 2º round
Damon Jackson venceu Charles Rosa por decisão unânime
Lupita Godinez venceu Silvana Juárez por finalização no 1º round
Steve Garcia Jr. venceu Charles Ontiveros por nocaute no 2º round