Conteúdo

Tite desmente notícia de que está negociando com o Arsenal: "A informação é mentira!"

29 de março de 2022

(por João Zarif)

Tite pediu desculpas à Mikel Arteta após relatos de que ele estava em negociações para trabalhar no Arsenal após a Copa do Mundo de 2022. O técnico do Brasil deixará o cargo na Seleção quando seu contrato expirar após a competição no Catar no fimdeste ano.

Foi noticiado na semana passada pelo jornalista Eric Faria, que as negociações para Tite conseguir um emprego no Emirates Stadium já estavam em andamento, mas o treinador de 60 anos negou categoricamente que seja o caso. Tite classificou a informação na mídia como "mentira" e insistiu que seu único foco é levar o Brasil a uma campanha de sucesso no Oriente Médio.

"Em relação à informação dada, meu sentimento é de tristeza. Estou triste porque a informação dada ao público é mentira. A informação é mentira", disse Tite em entrevista coletiva. "E as pessoas que represento e que se identificam comigo, fiquem tranquilas, porque tenho moral, valorizo ​​minha atividade profissional e sei da responsabilidade da seleção brasileira.

E continuou: "Desculpe, Arsenal. Desculpe, Arteta. Não veio de nós. Não há nada, absolutamente nada. Em um momento de disseminação de fake news, de informações que não são verdadeiras, isso me entristece. Minha palavra é que não há ninguém, nem eu, nem Gilmar [Veloz, seu agente], que possa falar sobre isso." O Brasil enfrenta a Bolívia nas eliminatórias da Copa do Mundo nesta terça-feira, e uma vitória garantirá um recorde de pontos, ultrapassando a Argentina de Marcelo Bielsa nas eliminatórias para a Copa de 2002, quando os hermanos acabaram eliminados na 1ª fase, um dos maiores fiascos daquela edição.