Conteúdo

Titans conquistam a AFC Sul com vitória diante dos Texans em mais um teste de tirar o fôlego

4 de janeiro de 2021

(por Raquel Amaral)
 

Feliz ano novo, fã do esporte! A primeira semana de janeiro de 2021 vem com decisão das últimas vagas da AFC para os playoffs.

Desde o início já era esperado que a AFC Sul seria a divisão mais disputada: Tennessee Titans e Indianapolis Colts chegam à 17ª semana com 10-4, disputando a liderança.

Por conta da derrota de Miami, os Titans já entraram em campo classificados, mas a vitória hoje garante o título da divisão.

De olho nesse cenário, os Titans enfrentam seu outro rival, o Houston Texans, de olho em Colts x Jaguars.

Enquanto os Titans entram mirando alto, os Texans, com 4-11, tentam encerrar de cabeça erguida uma temporada fraca, que culminou na queda de Bill O'Brien, já em seu primeiro mês.

Pelo lado de Tennessee, em paralelo à ansiedade quanto ao título da divisão e os recordes de Derrick Henry, vem os questionamentos com a defesa, irregular durante toda a temporada. Contra Deshawn Watson a preocupação dobra.
 

1º Período

Os Texans começam no ataque, mas em poucas jogadas já cedem a posse para os Titans que, por sua vez, também nada produziram.

Em sua segunda campanha, Deshawn Watson tenta passar para Brandin Cooks, mas acaba sendo interceptado.

Em 55 segundos, o ataque dos Titans conseguiu chegar à posição de field goal. Quem entra para chutar é o novato Sam Sloman. O kicker havia sido draftado pelos Rams em 2020, mas foi dispensado após 7 partidas. Contratado como reserva, entrou no lugar de Stephen Gostkowski, afastado após entrar na lista da COVID-19. Em seu primeiro chute, ele acerta e abre o placar.

Placar 3-0
 

Logo na campanha seguinte, os Texans conseguem chutar um field goal empatar o jogo, após sucessivas tentativas frustradas pela defesa de Tennessee.

Placar 3-3

 

2º Período

Os Titans haviam terminado o primeiro quarto atacando. Com o segundo período, retomam a campanha com show de Derrick Henry correndo 52 jardas para marcar touchdown. Sloman acerta o extra point.

Placar 10-3
 

Deshawn Watson liderou boas jogadas, mas terminou sacado por Landry III. O time chega à linha de field goal e Fairbairn acerta.

Placar 10-6
 

A campanha seguinte contou com muitas corridas de Henry, mas também teve lançamento para Corey Davis e touchdown de AJ Brown. Mais um extra point para aumentar a vantagem.

Placar 17-6
 

Os Texans tentaram pontuar no jogo terrestre, mas sem sucesso. Os melhores avanços foram na base no jogo aéreo. E o touchdown iria chegar em um lançamento para Cooks, mas a jogada foi revista e a pontuação anulada. Restou a Fairbairn chutar e marcar 3 pontos

Placar 17-9

 

3º Período

Os Titans voltaram abusando das jogadas aéreas, mas o touchdown foi uma moleza. Derrick Henry nem precisou correr para marcar. Kicker acerta.

Placar 24-9
 

Houston vai para cima de forma rápida. Graças à ajuda da defesa dos Titans e um longo e belo lançamento para Cooks, veio o primeiro touchdown dos Texans na partida. Fairbairn entra para chutar o extra point, mas erra.

Placar 24-15
 

E a resposta de Tennessee veio com Henry atropelando meio time dos Texans. O Tractorcito anotou uma corrida de 45 jardas e, até aquele momento, já somava 201 jardas na partida. Só que o touchdown não saiu com ele, mas sim, nas pernas de Tannehill, que correu 5 jardas rumo à endzone. Sloman, mais uma vez, acerta.

Placar 31-15
 

Mantendo o ritmo da partida, bastou aos Texans um minuto e meio para marcarem seu touchdown. Johnson fez duas corridas que levaram o time à linha de 20 jardas. Logo após, Watson lança para Cooks que marca o touchdown. Tentativa de conversão para dois pontos que, inicialmente foi marcada, mas depois anulada.

Placar 31-21
 

O jogo vinha acelerado, com 4 touchdowns na sequência. Mas, eis que o improvável acontece. Derrick Henry sofre o fumble e devolve a bola para os Texans, um presente para Watson, que lança um petardo para Cooks. Estando a uma jarda da endozne, Johnson pula e marca o touchdown. Fairbairn chuta e com isso, temos um Djoko.

Placar 31- 28

 

4º Período

Houston é perigoso e nunca entrega fácil, por isso, os Titans não poderiam, nesse momento dormir em campo. Mas, dormiram e perderam a chance de pontuar.

Já os Texans seguiram no embalo e, com passes curtos, o último deles para Brown, marcaram o touchdown e viraram a partida. Fairbairn chuta e marca.

Placar 31 - 35   
 

Com pouco mais de dez minutos para o fim da partida, começa uma campanha crucial para os Titans. Logo de cara, Henry corre e bate marca de 2.000 jardas! Ele ainda correu mais uma vez e chegou a marcar o touchdown, mas com holding, a jogada não foi considerada.

JJ Watt pressiona e Tannehill lança longe. Na terceira descida, o time consegue converter em um lançamento para Corey Davis, ganhando um fôlego extra.

Temos nova corrida de Henry, mas não muito longa e os Titans entram no 2 minute warning perdendo. Mesmo com a tensão, Tannehill soube manter o sangue frio e, correndo, levo o time à linha de uma jarda. Na sequência, ele corre de novo e marca um touchdown que foi anulado, desta vez por formação ilegal no ataque.

O time recua 5 jardas, Tannhehill lança, mas é bloqueado.

O drive já se alongava e não havia mais tempo a perder. Assim, no melhor estilo “chega de palhaçada”, Tannehill correu de novo e, desta vez, marcou touchdown. Sloman acerta e os Titans voltam à liderança

Placar 38 - 35
 

Com o jogo cada vez mais tenso, os Texans voltaram no mesmo ritmo para tentar decidir o placar, chegando rapidamente ao campo adversário, com uma longa corrida de Johnson para 42 jardas. Deshawn Watson chegou a ser sacado, mas logo depois lançou Coutee, colocando a equipe em posição de field goal. Fairbairn chuta de 51 jardas e empata o placar a 18 segundos do fim.

Placar 38-38
 

Ai já esperávamos a prorrogação. Mas Tannehill mais uma vez brilhou lançando 54 jardas para AJ Brown. 10 segundos para o fim, Henry corre somente 4 jardas, mas o suficiente para permitir o chute de 3 pontos. Com isso, o jogo fica nos pés de Sloman.  Durante o chute, Houston pede tempo para esfriar o kicker. Novo chute que bate na trave e, entra....Titans ganham a partida e vencem a AFC Sul!


 

Resultado Final: Tennessee Titans 41 x 38 Houston Texans 

 

E a profecia se fez como previsto: decisão da AFC Sul disputada até o finalzinho. Mais uma vez, Houston virando placar e pressionando o adversário até o final. Já os Titans, seguem com a arte de vencer nos últimos segundos.

O ataque dos Texans deu muito trabalho à inconstante defesa dos Titans e, por muito pouco, Deshawn Watson, Brandin Cooks e David Johnson não levaram a vitória.

Watson foi enorme! O jogador, que chegou a ser dúvida para a partida de hoje, acertou 28 passes de 39, chegando a 365 jardas. Mesmo com uma interceptação, Watson, tão irregular durante todo o ano, fechou a temporada como um dos líderes em jardas lançadas, brigando com Josh Allen e Patrick Mahomes.

Cooks estava em uma grande noite, anotando 3 touchdowns em 11 recepções, totalizando 166 jardas. No jogo aéreo, Johnson correu 84 jardas e anotou um touchdown.

Os Titans, como dito, seguem testando os nervos da torcida. O time começou jogando bem, parecia passear, até começarem os vacilos da defesa. Ainda assim, a estratégia de Vrabel, a precisão e a versatilidade de Tannehill (que joga “o fino”), as corridas de Henry e as recepções impossíveis de A.J. Brown garantiram o campeonato de divisão.

Além do título, o time comemora as mais de 2.000 jardas do Tractocito Henry. Eu ouvi MVP?

Mas, além do festejado trio de ataque, merece destaque Sloman. Além de acertar todos os chutes ao longo da partida, o rookie entrou nos segundos finais e garantiu os 3 pontos necessários para ganhar a partida.    

Passadas as celebrações, será hora de concentrar para pegar o Baltimore Ravens. Que comecem os playoffs!