Conteúdo

Time da virada! Panarin marca na prorrogação e Rangers vencem jogo 7

16 de maio de 2022

(Por Diego Dias)

Foi na emoção, mais uma vez de virada. O New York Rangers esteve atrás no placar em duas oportunidades, mas contou com os gols de Mika Zibanejad no finalzinho para forçar a prorrogação, e de Artemi Panarin no overtime para derrotar o Pittsburgh Penguins e fechar a série em 7 jogos no Madison Square Garden. Os Blueshirts viraram uma série que perdiam por 3-1 pela quarta vez em sua história, e coincidentemente as vitórias decisivas também foram de virada.

Igor Shesterkin teve outra grande noite ao deter 42 disparos. Já Tristan Jarry fez sua estreia na série depois de se recuperar de lesão no pé e fez 26 intervenções.

As duas equipes começaram trocando chutes, mas quem inaugurou a contagem foi Chris Kreider, mostrando que está "on fire" depois de ser decisivo no jogo anterior. Ele mandou um slapshot no 2-contra-1 para fazer 1x0 Rangers. Pittsburgh, que teve Sidney Crosby e Rikard Rakell indo pro sacrifício dada a importância do duelo, continuou exigindo de Shesterkin, que manteve o zero da equipe. Marcus Pettersson teve ótima chance em disparo que carimbou a trave enquanto Andrew Copp no breakaway parou em Jarry. Os Blueshirts tinham o período sob controle, até que Jacob Trouba acertou o stick em Mike Matheson e deu 4 minutos de power play aos Pens, que não desperdiçaram a oportunidade com Danton Heinen no último minuto.

O jogo mudou no 2º período e Pittsburgh passou a levar mais perigo, sempre com Shesterkin salvando. A melhor chance dos nova iorquinos foi um chute de Panarin no travessão e um de Tyler Motte que triscou a trave. Até que Jake Guentzel, melhor jogador dos Penguins na série, desviou no tapinha o puck pras redinhas após ajeitar o disco com o patim. Um gol controverso, mas que acabou confirmado pela arbitragem. Os Rangers responderam no minuto seguinte, em desvio providencial de K'Andre Miller para deixar o placar em 2x2. Mas, em outro vacilo dos Blueshirts nos instantes finais do período, Evan Rodrigues puxou contrataque após Pittsburgh matar a penalidade e tocou por cima do ombro de Shesterkin para recolocar a equipe na frente.

O confronto ganhou em emoção no último período, com os Rangers pressionados para evitar a eliminação. Mas os Pens também assustaram com constantes avançadas pra zona ofensiva. Até que a 5 minutos pro fim Zibanejad arrematou de primeira do círculo direito para finalmente superar Jarry e empatar a partida.

Com o tempo extra sendo necessário, os Rangers logo ganharam um power play. Foi onde brilhou a estrela do até então sumido Panarin. Ele aproveitou o congestionamento na slot para disparar da direita e anotar o gol da classificação heroica da equipe.

Final/OT: Pittsburgh Penguins 3 @ 4 New York Rangers (NYR vence série 4-3)

Os Rangers agora fazem duelo semifinal de conferência com o Carolina Hurricanes, em data a ser divulgada. Os Canes terão a vantagem do gelo na série.