Conteúdo

Thiago Moisés analisa duelo com Makhachev, celebra primeiro main event no UFC e dispara: 'Estou aqui para ser campeão'

15 de julho de 2021

(por Leandro Chagas)

Vindo de três vitórias consecutivas, Thiago Moisés fará no próximo sábado (17) a sua primeira luta principal em um card do UFC. Diante de Islam Makhachev, o brasileiro espera dar sequência ao melhor momento de sua carreira, para futuramente conseguir uma chance pelo cinturão dos leves. 

Em entrevista ao site do "UFC Brasil", Thiago, que atualmente é o 14° no ranking da divisão até 70kg, analisou a oportunidade de enfrentar um adversário mais bem ranqueado, já que Makhachev é o número 9 da categoria. Os dois lutadores foram originalmente escalados na co-luta principal do UFC Vegas 31, no entanto, com a lesão de Max Holloway, que faria o main event contra Yair Rodriguez, o paulista de 26 anos viu seu duelo ser alçado ao patamar mais alto do evento. 

“Fiquei muito feliz com essa oportunidade. Isso só mostra que o Dana White e o UFC estão gostando do meu trabalho e que ele está sendo reconhecido”, celebrou o brasileiro.

Vindo de triunfos contra Michael Johnson, Bobby Green e Alexander Hernandez, sendo o último em fevereiro deste ano, Moisés disse estar preparado para desafios cada vez maiores, mirando até o cinturão. 

"Estou vivendo a melhor fase da minha carreira e estou trabalhando muito duro para estender esse número de vitórias. Quero lutar com os melhores e vencer os melhores. Eu estou aqui para ser campeão, não para ser mais um”, disse ele.

Contudo, para dar sequência ao ótimo momento, Thiago terá pela frente uma verdadeira pedreira. Considerado uma das maiores promessas da divisão, Makhachev, que não perde desde 2015, vem de sete vitórias consecutivas. Pupilo e amigo de Khabib Nurmagomedov, o russo é constantemente comparado ao ex-campeão, que de maneira surpreendente, se aponsentou em 2020, ainda invicto (29-0). O brasileiro analisou as comparações.

“Fazem muito essa comparação por serem russos, treinarem juntos, serem amigos desde a infância, mas acredito que o Khabib coloca muito mais pressão fisicamente falando. Acho que não se compara o Islam ao Khabib”, analisou Thiago, completando na sequência:

“O Islam é um cara muito duro, um adversário completo, bom em todas as áreas da luta. Mas o Khabib é o melhor peso-leve de todos os tempos, acredito que não tem ninguém que se compare a ele”, ponderou.

Com todos os holofotes voltados para o seu adversário, Thiago Moisés pretende aproveitar a chance de ouro para alcançar o Top 10, se colocando de vez entre os principais nomes entre os pesos-leves.

“Com todo esse hype em torno do Islam, as pessoas falando que ele é o sucessor do Khabib, o próximo campeão… depois que eu vencê-lo, vou entrar no Top 10 e quero um adversário que esteja de preferência no Top 5. Uma vitória sobre o Islam vai me colocar no bolo para lutar pelo cinturão em um futuro bem próximo”, finalizou.

UFC Vegas 31: Makhachev x Moisés

Sábado, 17 de julho, às 20 horas


Peso-leve: Islam Makhachev x Thiago Moisés

Peso-galo: Marion Reneau x Miesha Tate

Peso-leve: Jeremy Stephens x Mateusz Gamrot

Peso-médio: Rodolfo Vieira x Dustin Stoltzfus

Peso-pena: Gabriel Benitez x Billy Quarantillo

Peso meio-médio: Daniel Rodriguez x Preston Parsons

Peso-palha: Amanda Lemos x Montserrat Conejo

Peso-galo: Khalid Taha x Sergey Morozov

Peso-galo: Miles Johns x Anderson “Berinja”

Peso-mosca: Francisco Figueiredo x Malcolm Gordon

Peso-pesado: Alan Baudot x Rodrigo “Zé Colmeia”