Conteúdo

Teremos Jogo 7! Middleton e Giannis jogam muito, lideram a vitória dos Bucks e forçam a partida decisiva

18 de junho de 2021

(por Cassiano Pinheiro)


Depois de ter sofrido uma grande virada no jogo 5, os Bucks receberam os Nets, em Milwaukee, para o jogo 6 da série, partida de vida ou morte para Giannis & cia. Assim como nos últimos jogos da série, os Bucks começaram muito bem, com um bom primeiro quarto que terminou com o placar de 26-19. 

No segundo período, os Nets começaram a colocar as manguinhas de fora, Kevin Durant foi para o banco por alguns minutos, algo que não acontecia desde o jogo 4 e James Harden assumiu a responsabilidade, liderando uma boa sequência de ataques que resultou em uma corrida de 9 a 0. 

Nessa altura, como em boa parte da partida, os Bucks insistiam demais nas jogadas de isolation. Khris Middleton, em noite inspirada, conseguiu dar o troco e também liderar boas ações ofensivas dos donos da casa. Principalmente, no fim do primeiro tempo, quando os Nets ameaçaram seriamente encostar no placar e tentar uma virada, Middleton encaixou três bons ataques seguidos, marcando seis pontos e dando um belo respiro. Os times foram para o intervalo com o placar de 59-48 para os Bucks.

Na segunda metade do duelo, Durant começou cometendo alguns erros, apesar de ter marcado 32 pontos e 11 rebotes, essa não foi uma grande noite de KD. O astro não conseguiu cuidar bem da bola e acabou cometendo 7 turnovers. Mesmo assim, em determinado momento, Durant conseguiu bons ataques consecutivos, o que sempre dava um ânimo extra para os Nets e causava verdadeiros calafrios na torcida de Milwaukee, que vem sofrendo bastante com suas performances.

No último período, os Nets fizeram uma corrida de 10 a 0 e, mais uma vez, o fantasma do jogo 5 retornou. Os Nets chegaram a cortar a diferença para quatro pontos e a situação estava tensa. Mas, os Bucks reagiram muito bem, com um combo de jogadas, principalmente de Giannis e Middleton, os donos da casa fizeram uma incrível parcial de 14 a 0. 

Pouco depois dessa sequência insana veio o golpe final, com pouco menos de 5 minutos para o fim da partida, Middleton fez Harden provar do seu próprio veneno, matou uma bola de três em cima do Barba e ainda conseguiu uma daquelas “faltas mandraques", quando o arremessador joga o corpo contra a marcação. Naquele momento os Bucks abriram 20 pontos de vantagem e imediatamente o técnico Steve Nash tirou Durant e Harden de quadra. Depois disso tivemos um garbage time, já que a partida estava definida.


Placar Final: Brooklyn Nets 89 x 104 Milwaukee Bucks
 


 

Um alívio para os Bucks, jogando em casa o time deu a resposta necessária para os críticos. Giannis jogou muito bem e fez o que sabe, bolas próximas à cesta, foram 30 pontos e 17 rebotes para o grego, que não tentou nenhum arremesso de três. Realmente Antetokoumpo focou onde realmente é muito superior. A única coisa que o grego ficou devendo foi na marcação em Durant, não foi tão necessário porque o jogo acabou se resolvendo, no entanto, Durant não vai cometer tantos erros no jogo 7 e Giannis em algum momento terá que bater de frente defensivamente com KD para tentar, pelo menos, minimizar o impacto de um dos melhores jogadores do mundo. O principal parceiro de time do grego, Middleton, teve atuação excelente dos dois lados da quadra, foram 38 pontos (maior marca da carreira em playoffs) e mais do que o próprio número foram as situações nas quais eles aconteceram, sempre que os Nets tentavam uma sequência, Khris estava lá para matar uma bola da meia distância ou do perímetro.

Os Bucks vencem e empatam a série, Milwaukee não deixou que Brooklyn liderasse o jogo 6 um segundo sequer. Mas, se quiser se classificar, a equipe de Mike Budenholzer terá que girar mais a bola e envolver um pouco mais outros jogadores além de Giannis e Middleton. 

Já os Nets tem o fator casa no derradeiro jogo 7 e também precisam um pouco mais de seus coadjuvantes, talvez Durant consiga ter mais uma noite sensacional/histórica e carregue o time nas costas, mas, talvez isso não seja possível.