Conteúdo

Surpresas, grandes atuações defensivas, show de Giannis em vão e triplo-duplo de Jaylen Brown; saiba como foi o sábado (8) da NBA

9 de janeiro de 2022

(por Rafael Lima)
 

A NBA presenteou os fãs com seis jogos neste sábado (8). O Memphis Grizzlies seguiu sua ótima fase, enquanto os Hornets não conseguiram parar Giannis Antetokounmpo, mas mesmo assim venceram os atuais campeões. A rodada ainda reservou duas grandes surpresas com as derrotas de Utah e Phoenix, além da partida espetacular de Jaylen Brown na vitória dos Celtics e um raro triunfo de Detroit. Confira o que de melhor aconteceu na rodada.

Espetáculo dos Grizzlies diante dos Clippers e Jaylen Brown imparável

O Memphis Grizzlies enfrentou o Los Angeles Clippers na Califórnia sem Ja Morant. Porém, Taylor Jenkins faz um trabalho excelente na direção dos Grizz e com a predileção pelo coletivo, transformou sua equipe em um time competitivo independente de quem estiver em quadra. Os Clippers começaram melhores, dominando a partida até a metade do segundo quarto, com Marcus Morris e Reggie Jackson quentes do perímetro, porém, Jenkins fez bons ajustes defensivos e os visitantes passaram a castigar do perímetro. Desta forma, distribuindo bem a bola, com Desmond Bane excelente nas bolas de três e Jaren Jackson Jr (26pts e 8reb) liderando o time, Memphis tomou as rédeas do confronto para não ficar mais atrás no placar.

Em Boston, os Celtics começaram errando muito. Com isso, o New York Knicks esteve na frente do placar até a reta final do primeiro tempo. RJ Barrett e Immanuel Quickley eram os destaques dos visitantes, porém, antes do intervalo Jaylen Brown começou a esquentar e os celtas terminaram a primeira metade com dois pontos na frente. No segundo tempo, a defesa celta atuou com extrema eficiência, forçando turnovers e se impondo. Enquanto isso, do outro lado da quadra, Brown foi se destacando até conseguir um triplo-duplo (22pts, 11reb e 11ast). Os Celtics não ficaram mais atrás no marcador e recuperaram o 10º lugar na Conferência Leste.
 

Surpresas, show de Giannis ofuscado e jogo medíocre

O Indiana Pacers é uma das equipes que mais decepcionam nesta temporada. O time parece mal treinado e não consegue fazer grandes atuações. Porém, enfrentando o fortíssimo Utah Jazz, o plantel de Indianápolis fez uma de suas melhores partidas na competição, tomando a liderança no primeiro quarto para não perder mais. Indiana foi muito bem defensivamente e, apesar de sofrer com Donovan Mitchell (36pts), conseguiu controlar a partida com apresentação dominante de Domantas Sabonis (42pts), que deitou e rolou no ataque, se aproveitando da sentida ausência de Rudy Gobert no adversário. Hassan Whiteside, fez o nível do garrafão de Utah cair muito. Os Pacers não sofreram e deixaram em casa uma vitória inesperada.

Em outra vitória de um “underdog”, o Charlotte Hornets sofreu demais com a dupla Giannis Antetokounmpo (43pts e 12reb) e Khris Middleton, que flertou com um triplo-duplo (27pts, 10reb e 9ast), mas conseguiu se manter na frente do placar com Terry Rozier (28pts) “on fire” e a defesa conseguindo conter todos os outros jogadores de Milwaukee, que acabou tendo seu ataque “manjado”. Os Hornets não ficaram nenhum segundo atrás na segunda metade do jogo, se mantendo com uma vantagem confortável até o fim.

O Miami Heat, mesmo com um belo time e fazendo boa campanha, era zebra em Phoenix na partida contra os Suns, porém, jogando muito bem coletivamente e contando com um Tyler Herro iluminado (33pts), o time de South Beach controlou o jogo desde o primeiro quarto, chegou a abrir 27 pontos de frente, sem sofrer com Devin Booker e Chris Paul. Uma vitória que mostra o ótimo trabalho de Erik Spoelstra e que o Heat tem elenco para fazer frente contra qualquer um, mesmo sem os All-Stars Adebayo, Butler e Oladipo. Miami é uma das forças do Leste, inegavelmente.

A rodada ainda contou com o jogo entre dois dos mais fracos elencos da NBA na temporada. O Detroit Pistons errou menos e derrotou o Orlando Magic em duelo bastante parelho, decidido no último minuto. 
 

Destaques do dia

Cestinha: Giannis Antetokounmpo (43pts).

Melhor jogador: Jaylen Brown (22pts, 11reb e 11ast).

Jogada decisiva: Rebote e lances livres de Cory Joseph.

Melhor atuação coletiva: Memphis Grizzlies,

Melhor jogo: Milwaukee Bucks x Charlotte Hornets.

Pegou o elevador: Miami Heat, que agora está em terceiro no Leste.

Sinal amarelo: Utah Jazz, que sem Rudy Gobert já soma duas derrotas seguidas.

Sinal vermelho: Los Angeles Clippers, que sem a dupla Paul George e Kawhi Leonard, se torna um time fácil de ser batido.

Sinal verde: Memphis Grizzlies, muito bem treinado por Taylor Jenkins e excelente coletivamente. O time já soma 8 triunfos seguidos.

Menções honrosas: 

Jogador - Domantas Sabonis que fez nada menos do que 42 pontos em cima do Utah Jazz.

Time - Charlotte Hornets, que conseguiu uma vitória contra os Bucks de Giannis e Middleton no auge.
 

Resultados da rodada:

Memphis Grizzlies 123-108 Los Angeles Clippers

Milwaukee Bucks 106-114 Charlotte Hornets

Orlando Magic 92-97 Detroit Pistons

Utah Jazz 113-125 Indiana Pacers

New York Knicks 75-99 Boston Celtics

Miami Heat 123-100 Phoenix Suns