Conteúdo

Spurs perdem e decidirão fora de casa; Embiid imparável; Clippers embalados e mais do sábado de NBA

10 de abril de 2022

(Por Diego Dias)

Neste sábado (09) de National Basketball Association, penúltimo dia de temporada regular, Paul George segue mostrando que está em plena forma após um longo período afastado por lesão ao repetir seu recorde pessoal em assistências (12) para ajudar o Los Angeles Clippers a vencer a 4ª partida seguida e chegar com moral ao torneio do play-in, onde os angelinos visitarão o Minnesota Timberwolves.

Caso vençam os Wolves, será a quarta ida à pós-temporada da equipe.

Diante de um já desanimado e cheio de reservas Sacramento Kings, os Clippers não tiveram dificuldades em abrir 20 de frente com 14 pontos de PG só no 1º quarto. Os Kings ainda tiveram um bom final de 2º quarto e cortaram um pouco da margem e ainda abriram 7x0 no 3º período, mas Los Angeles teve uma run de 19x5 para assumir o controle definitivo do duelo, mesmo com boas cestas de Davion Mitchell (cestinha de Sacramento com 22 pontos) e Trey Lyles (15).

Final: Sacramento Kings 98 @ 117 Los Angeles Clippers


Outro que segue em alta é Joel Embiid. O pivô postulante ao prêmio de MVP e já garantido como o principal cestinha da temporada anotou 41 pontos e chegou aos duplos com outros 20 rebotes e foi o nome de mais um triunfo do Philadelphia 76ers, desta vez diante de um Indiana Pacers em ritmo de tank. Foram 15 lances livres acertados pelo camaronês, mas 14 acertos em arremessos em 17 tentados.

Além de Embiid, James Harden (22 pontos e 14 assistências) também chegou ao double-double enquanto Tobias Harris (18 pontos), Tyrese Maxey (18) e Danny Green (15) completaram a bela atuação coletiva dos Sixers, que ainda brigam pelo 3º lugar da conferência com o Boston Celtics.

Do lado dos Pacers, que não contaram com o contundido Malcolm Brogdon, Oshae Brissett foi o principal pontuador com 20 pontos e pegou outros 7 rebotes e Tyrese Haliburton esteve a 1 assistência de obter o double-double, tendo feito 18 pontos. A equipe esteve na frente no placar apenas na primeira posse, em cesta de três pontos de Brissett. Daí pra frente, o melhor talento de Philadelphia somado ao desinteresse de Indiana deram a tônica do confronto.

Final: Indiana Pacers 120 @ 133 Philadelphia 76ers


Já o San Antonio Spurs terá que viajar até a Louisiana para encarar o New Orleans Pelicans no play-in. Os texanos foram superados pelo Golden State Warriors e não podem mais alcançar os Pelicans na classificação mesmo com a boa partida de Lonnie Walker IV e seus 24 pontos. Josh Primo (14 pontos) e Josh Richardson (10) foram outros destaques da equipe.

A partida foi bastante equilibrada dado o interesse que ambos os lados tinham no resultado. Uma vitória deixaria os Warriors praticamente assegurados no 3º lugar da conferência, mas foi San Antonio que começou melhor o jogo e liderou a maior parte do período inicial. Sem Stephen Curry e Klay Thompson, coube a Andrew Wiggins (15 pontos) e Draymond Green (12 pontos, 13 rebotes) ditarem o ritmo para a virada de Golden State a partir do 2º quarto antes de Jonathan Kuminga e Jordan Poole (18 pontos cada) serem as armas ofensivas da equipe.

Os Warriors colocaram a diferença na casa dos 15 pontos durante grande parte da segunda metade. Mas San Antonio mesmo com muitos reservas conseguiu responder à altura e cortou para apenas 2 pontos (86x84) em cesta de Primo. Golden State ainda se manteve na frente, até que Poole converteu dois lances livres para colocar 98x94 no placar a 47 segundos do fim e as atuações defensivas de Draymond e Wiggins definirem o resultado. Golden State agora só depende de si para se manter no top-3.

Final: Golden State Warriors 100 @ 94 San Antonio Spurs


Adversário dos Spurs no play-in, os Pelicans também acabaram derrotados graças ao retorno em estilo de Ja Morant depois de inflamação no joelho. O armador anotou 21 pontos e beirou os duplos com 9 rebotes e teve sólida contribuição dos 23 pontos de Dillon Brooks para garantir ao Memphis Grizzlies repetir seu recorde de vitórias em um temporada com o 56º triunfo, assim como em 2013.

Já garantidos na 2ª posição no oeste, Memphis não deu chances a New Orleans, que ficou limitado a apenas 18 pontos após 12 minutos. Mesmo com os 16 pontos de CJ McCollum e o double-double de 15 pontos e 10 rebotes de Willy Hernangómez, os Pels viram os Grizzlies dilatar a diferença para a casa dos 40 pontos na volta do intervalo com a performance coletiva de Brandon Clarke (20 pontos), Ziaire Williams (19) e Desmond Bane (18), o que decretou de vez o triunfo de Memphis depois de 2 derrotas.

Final: New Orleans Pelicans 114 @ 141 Memphis Grizzlies

Destaques do sábado

Cestinha da rodada: Joel Embiid (41pts)
MVPs da rodada: Joel Embiid (14/17fg, 20reb, 2stl) e Paul George (23pts - 6/9 3fg, 8reb, 12ast, 2stl)
Jogo da rodada: Spurs x Warriors
Jogadas decisivas: Lances livres convertidos por Jordan Poole nos minutos finais, evitando uma virada dos Spurs.
Sinal vermelho: Kings, com 3 derrotas seguidas, e Pacers, com 9 revezes em série.
Sinal amarelo: Spurs, que depois de 3 triunfos em sequência perderam a segunda partida.
Sinal verde: Warriors, que venceram pelo 4º jogo consecutivo.