Conteúdo

Spurs derrotam Bulls no retorno de DeRozan a San Antonio, Ja Morant conquista triplo-duplo e Westbrook tem ótima atuação em derrota dos Lakers; confira como foi a rodada desta sexta (28) na NBA

29 de janeiro de 2022

(por Matheus Correia)

A rodada desta sexta (28) pela NBA foi repleta de atropelos, ótimas atuações individuais com direito a uma "chuva" de triplos duplos e também o retorno de DeRozan a San Antonio. Confira como a análise e os resultados a seguir: 

Vitórias fáceis

Como sexta-feira é dia de festa, vamos começar falando sobre os “bailes” da rodada. Orlando abriu a noite protagonizando um atropelo em cima dos Pistons. No duelo entre dois dos piores times da liga, o jogo coletivo do Magic se sobressaiu em quadra, com seis jogadores chegando a dígitos duplos de pontuação. Em compensação, os Pistons tiveram três jogadores titulares que sequer atingiram a marca de 10 pontos. O destaque individual da partida fica para Franz Wagner, de Orlando, com 24 pontos em 26 minutos.

Os Blazers conseguiram uma necessitada vitória, derrubando os Rockets com facilidade no Toyota Center. Sem Lillard, Anfernee Simons assumiu o protagonismo em quadra ao anotar 27 pontos, 3 rebotes e 6 assistências. O triunfo deixa a equipe cada vez mais segura na zona do play-in.

Outra equipe que se deu bem na tabela por conta da vitória foi o Miami Heat. Com o chocolate aplicado em cima dos Clippers, a franquia da Flórida disparou na liderança da conferência leste. No confronto, Miami dominou o desfalcado time de LA em todos os aspectos e viu Jimmy Butler se destacar em quadra, com 26 pontos, 6 rebotes e 9 assistências.

E para finalizar a sessão de vitórias fáceis, Giannis Antetokounmpo guiou os Bucks com 38 pontos, 13 rebotes e 5 assistências em um passeio contra os Knicks. A franquia de Milwaukee teve um aproveitamento impecável nos arremessos de meia distância e se aproveitou da equipe de NY, que parecia estar “desligada” do jogo em certos momentos. Importante destacar também a boa atuação de Jrue Holiday, com 24 pontos, 5 rebotes e 10 assistências.

Sabonis e Lu Dort protagonizam a partida mais disputada da rodada

Não foi uma noite de partidas emocionantes, exceto pelo confronto entre Oklahoma City Thunder e Indiana Pacers. Duas equipes que não jogam um basquete interessante aos olhos do público médio, mas que tem peças individuais extremamente interessantes. E foram elas que protagonizaram a partida: Lu Dort (27 pontos, 8 rebotes e 4 assistências), por OKC, e Domantas Sabonis (24 pontos, 18 rebotes e 10 assistências), pelos Pacers.

O embate foi extremamente equilibrado no primeiro tempo, e OKC conseguiu atingir certa superioridade já no terceiro quarto, quando chegou a abrir 16 pontos de vantagem. Entretanto, no último período, Sabonis doutrinou a defesa do Thunder e conseguiu empatar o placar ao fim do tempo regulamentar.

Na prorrogação, Lu Dort deu a vantagem para OKC com duas bolas de três pontos logo de cara, mas viu Jeremy Lamb e Justin Holiday guiar Indiana para a vitória.

O retorno de DeRozan a San Antonio e aniversário de Pop

O duelo entre Spurs e Bulls representou o retorno de DeMar DeRozan a San Antonio. O ala chegou a ser homenageado antes do início da partida, com um vídeo que passou no telão do AT&T Center.

E também havia um certo “alguém” na equipe adversária que era digno de homenagens, não só por quem ele é, mas principalmente por causa da data. O lendário Gregg Popovich, técnico do Spurs, fez 73 anos nesta sexta.

A equipe mandante resolveu presentear seu treinador e conquistou uma importante vitória contra Chicago demonstrando uma ótima atuação coletiva (que claro, teve o dedo de Pop). San Antonio se sobressaiu em quadra ao produzir mais volume de jogo que os Bulls, já que provavelmente não iriam conseguir segurar o ataque da equipe de Billy Donovan.

DeRozan não foi piedoso com sua equipe, anotando 32 pontos, 6 rebotes e 8 assistências. Mas o destaque da partida fica com o “coringa” Dejounte Murray, que atingiu as marcas de 29 pontos, 9 rebotes, 12 assistências e 3 steals.

"Chuva" de triple-double

Ja Morant é um jogador que está em alta na liga. Mas na partida contra Utah, o armador de apenas 22 anos se superou e mostrou o porquê de ser um dos melhores da liga na posição. Com um triple-double de 30 pontos, 10 rebotes e 10 assistências, Ja guiou os Grizzlies para uma vitória tranquila contra o Jazz. Triunfo importante e que vai garantindo Memphis no Top 3 da conferência oeste, ainda mais pelo fato de Utah ser o quarto colocado na tabela.

Mas para Morant andar, foi necessário Chris Paul correr. O “point god” teve uma atuação impecável contra os Wolves: 21 pontos, 10 rebotes e 14 assistências e apenas 2 turnovers. O armador foi um dos destaques junto a Devin Booker (29 pontos) em uma vitória tranquila dos Suns. Importante também destacar a boa performance de Anthony Edwards por Minnesota, com 27 pontos, 5 rebotes, 10 assistências e 4 steals.

Outro jogador que teve uma excelente atuação foi Nikola Jokic (que surpresa!). Na partida contra os Pelicans, “The Joker” anotou 29 pontos, 13 rebotes e 10 assistências com um aproveitamento de 58% (11/19) nos arremessos de quadra. Sem Valanciunas e Brandom Ingram, New Orleans não conseguiu parear seu jogo com o de Denver e foi facilmente derrotado.

Surpresas e decepções 

Uma das equipes mais medíocres da temporada, os Celtics protagonizaram um show de horrores na derrota para o Atlanta Hawks. O time de Ike Udoka teve um aproveitamento de apenas 34% nos arremessos de quadra e foram facilmente doutrinados por Trae Young & cia. Jaylen Brown até teve uma boa atuação com 26 pontos e 12 rebotes, mas foi Trae e John Collins que se destacaram em quadra, ambos somando para 42 pontos.

Já os Hornets realizaram uma atuação coletiva impecável para vencer os Lakers, que não contaram com AD e LeBron. Miles Bridges e Lamelo Ball demonstraram uma química fantástica no ataque e a franquia de Charlotte se mostrou muito mais enérgica e atenta no jogo durante o primeiro tempo.

Entretanto, quando tudo parecia se encaminhar para uma vitória fácil para os mandantes, o “monstro” acordou. Russell Westbrook reviveu seu basquete dos tempos de OKC e explodiu para 35 pontos na segunda metade do confronto. LA chegou a empatar o placar no terceiro período, mas não conseguiu ter energia suficiente para virar o placar e se impor em quadra, sendo derrotada com certa facilidade no último quarto.

Destaques do dia

Cestinha: Giannis Antetokounmpo (38 pontos)

Melhor jogador: Ja Morant (30 pontos, 10 rebotes e 10 assistências)

Melhor atuação coletiva: San Antonio Spurs

Melhor jogo: OKC vs Pacers e Hornets vs Lakers

Jogada decisiva: “Tapinha” de Sabonis no rebote para empatar o jogo no último minuto contra OKC

Melhor jogada: Windmill de Miles Bridges contra o Lakers

Sinal Vermelho: Knicks, que sofrem a terceira derrota seguida e está perto de dar adeus ao Play-In.

Sinal amarelo: Utah, que sofre a quarta derrota seguida e pode perder posições na conferência oeste.

Sinal verde: Atlanta Hawks, que vencem a sexta partida seguida e estão muito próximos de entrar na zona do Play-In, e Miami Heat, que dispara na liderança do leste.

Menções honrosas

Jogador: Russell Westbrook (35 pontos, 4 rebotes e 5 assistências com apenas um turnover)

Time: Phoenix Suns, que tem a maior sequência invicta da liga (9 vitórias) e dorme na liderança do oeste

Resultados do dia

Orlando Magic 119 – 103 Detroit Pistons

Atlanta Hawks 108 – 92 Boston Celtics

Charlotte Hornets 117 – 114 Los Angeles Lakers

Oklahoma City Thunder 110 -113 Indiana Pacers

Houston Rockets 110 – 125 Portland Trail Blazers

Memphis Grizzlies 119 – 109 Utah Jazz

New Orleans Pelicans 105 – 116 Denver Nuggets

Miami Heat 121 – 114 Los Angeles Clippers

San Antonio Spurs 131 – 122 Chicago Bulls

Phoenix Suns 134 – 124 Minnesota Timberwolves

Milwaukee Bucks 123 – 108 New York Knicks