Conteúdo

Sonnen aponta revanche contra José Aldo como luta ideal para Conor McGregor 'voltar aos trilhos'

12 de agosto de 2021

(por Leandro Chagas)

Com três derrotas nas últimas quatro lutas e se recuperando de uma fratura no tornozelo, Conor McGregor atravessa talvez o pior momento de sua carreira. Ex-lutador do UFC e atualmente comentarista de MMA, Chael Sonnen deu uma sugestão para que o irlandês possa fazer o seu retorno em grande estilo e quem sabe se reencontrar no Ultimate. A luta em questão seria uma revanche contra o brasileiro José Aldo, que em 2015 perdeu o cinturão dos penas ao ser nocauteado rapidamente por "Notorious".

Na última terça-feira (10), durante o programa “Max on MMA”, da ESPN estadunidense, o apresentador Max Kellerman questionou Sonnen sobre as chances de Conor em uma possível revanche contra Aldo.

“Adoro a ideia de uma revanche entre Conor e Aldo. Digamos que Aldo concorde em subir para o peso leve (70,3kg) porque é uma luta de muito dinheiro, Conor teria uma chance nessa luta?”, indagou Kellerman.

“Se você está fazendo a agenda de Conor McGregor e quer colocá-lo de volta nos trilhos, sim, ele precisa de alguém menor, ele precisa de alguém que simplesmente vá atacar ele. Acho que José Aldo preenche os requisitos”, apontou Sonnen.

No último sábado (07), McGregor inclusive elogiou José Aldo pela vitória em cima de Pedro Munhoz, no UFC 265.

"Jose Aldo é uma verdadeira lenda", postou o irlandês em sua conta no Twitter.

Vale destacar que para que tal luta fosse possível, Aldo teria que subir de categoria, já que atualmente luta na divisão dos galos (até 61,2kg), enquanto McGregror vem se apresentando como peso-leve (até 70,3kg). 

Capitaneado por José Aldo e Conor McGregor, o UFC 194, realizado em dezembro de 2015, foi cercado de expectativas. A troca de farpas e as discussões durante os eventos de promoção do card criaram uma das maiores rivalidades da história recente do Ultimate. Entretanto, o esperado duelo acabou em apenas 13 segundos, com o irlandês nocauteando o brasileiro e tomando o cinturão dos pesos-penas.