Conteúdo

(por Bruno Fugazza, Layo Lucena e Rafael Lima)

Neste domingo (28), tivemos a semana 12 da NFL, com confrontos entre New England Patriots, Indianapolis Colts e Tampa Bay Buccaneers, Cincinnati Bengals e Pittsburgh Steelers, dentre outros. Confira os jogos do primeiro horário de domingo da semana 12:

Tennessee Titans 13 x 36 New England Patriots

O New England Patriots recebeu o Tennessee Titans disposto a recuperar o primeiro lugar da AFC Leste e se credenciar na disputa pela Top Seed da conferência.

Jogando com leve neve em Foxborough, os anfitriões nunca estiveram atrás no placar. Mac Jones (310 jardas lançadas e dois TDs) fez mais uma partida sólida, usando bem Jakobi Meyers e Kendrick Bourne, que anotou os dois TDs de recepções do time.

No início, os Titans tentaram equilibrar a partida, utilizando muito bem o jogo terrestre, que dava muita dificuldade para a defesa de New England. Tanto Dontrell Hilliard (132 jardas e uma TD), quanto D’Onta Foreman (110) tiveram ótimas atuações.

Porém, se o primeiro tempo acabou bastante equilibrado (NE 16-13 TEN), no segundo a implacável defesa dos Patriots resolveu doutrinar. Bill Belichick fez ajustes nos vestiários e o jogo terrestre dos Titans não teve mais o volume anterior. Os anfitriões forçaram quatro turnovers, sendo três fumbles forçados e recuperados e uma interceptação do grande J.C. Jackson.

Desta forma, com mais uma excelente atuação de Nick Folk, que acertou cinco field goals de seis tentativas, e a dupla Harris e Stevenson ganhando jardas e gastando relógio, os Patriots conquistaram a sexta vitória seguida na temporada e, caso Baltimore seja derrotado por Cleveland, New England assumirá ao final desta rodada a Top Seed da AFC. Mais um trabalho fantástico de Belichick, McDaniels e companhia!

Defesa e Fournette levam Bucs a vitória contra os Colts por 38 a 31

Com quatro touchdowns (três corridos e um recebido), Leonard Fournette foi o grande destaque da vitória dos Buccaneers sobre os Colts em jogo válido pela semana 12 da NFL. A equipe de Tampa Bay soube também aproveitar os cinco turnovers forçados por sua defesa e special teams, e mesmo em noite não muito inspirada de Tom Brady (25/34 para 226 jardas, 1 TD e 1 INT), conseguiu a virada após ir para o intervalo perdendo por 24 a 14, anotando 17 pontos seguidos no início da segunda etapa.

Os Colts chegaram a partida embalados após três vitórias seguidas, incluindo um atropelo contra os Bills na semana 11, e liderados pelo Running Back Johnatan Taylor, um dos candidatos a MVP da temporada. E as coisas pareciam ir bem para a equipe de Indianápolis até o intervalo, quando venciam por 24 a 14. Mas, de forma inexplicável, os Colts optaram por passar a bola ao invés de utilizar Taylor, o melhor jogador da equipe. Em determinado momento, a equipe chegou a passar a bola 26 vezes seguidas e viu os Buccaneers virar a partida para 31 a 24.

Ainda assim, a partida foi equilibrada até o final e os Colts seguiram tendo chances. De alguma forma, Frank Reich lembrou que tem um dos melhores RBs da NFL, e abusando do jogo corrido empatou a partida com um TD de Taylor faltando 3:29 para o fim do jogo.

Na sequência, os Bucs anotaram um touchdown faltando apenas 20 segundos, que parecia definir a partida. No entanto, os Colts conseguiram um retorno de kickoff de 69 jardas, dando ainda esperanças à torcida. Mas a esperança não durou muito, e Wentz foi mais uma vez interceptado ao tentar um passe na endzone com o relógio já zerado.

Placar final: Tampa Bay Buccaneers 38 x 31 Indianapolis Colts

Pittsburgh Steelers 10 x 41 Cincinnati Bengals

Em um clássico da divisão AFC Norte, o Cincinnati Bengals encostou no líder Baltimore Ravens após derrotar o Pittsburgh Steelers. Os Bengals dominaram do início ao fim, principalmente no segundo período, onde a equipe marcou 21 pontos.

O destaque da partida ficou com Joe Mixon (Bengals), que correu 28 vezes para 165 jardas e dois touchdowns. Além do running back, Tee Higgins também se destacou com seis recepções para 114 jardas e um touchdown.

No duelo entre os quarterbacks, Joe Burrow levou a melhor com 20 passes certos em 24 tentados, acumulando 190 jardas, um touchdown, um touchdown terrestre e uma interceptação. Do outro lado, Ben Roethlisberger terminou o confronto com 263 jardas, um touchdown e duas interceptações.

Em partida catastrófica de Cam Newton, Dolphins atropelam os Panthers por 33 a 10

Cam Newton tem deixado a vida daqueles que ainda o defendem como QB titular na NFL cada dia mais difícil. Em uma exibição catastrófica e embaraçosa hoje, o ex-MVP foi colocado no banco no meio da partida após acertar apenas cinco de 21 passes para 91 jardas (um percentual de 23.8%, o pior da NFL desde 2004), zero TDs e duas INTs. Nem o jogo corrido funcionou para o QB, que teve apenas cinco jardas em três corridas (e um TD, para sermos justos).

Os Dolphins, que não tem nada a ver com isso, fizeram uma partida excelente tanto no ataque, defesa e Special Teams. Cada vez menos questionado, Tua teve sua segunda partida seguida com mais de 80% de passes completados (27/31 para 230 jardas, um TD e zero INTs). Outro jogador outrora questionado, o rookie WR Jayleen Waddle, draftado na primeira rodada, teve sua melhor partida no ano, com 137 jardas e um TD com nove recepções em 10 passes.

A defesa de Miami fez outra grande partida, com destaque para a outra escolha de primeira rodada dos Dolphins esse ano, o OLB Jaelan Phillips, que teve três sacks, três Tackles for Loss e quatro QB hits. A secundária soube capitalizar a pressão gerada pelo Front seven, e conseguiu três interceptações.

Discretamente, a equipe de Miami chegou a quarta vitória seguida e tem tudo para estender a sequencia nas próximas semanas, enfrentando Giants, Jets e Saints. Se tudo der certo, os Dolphins podem chegar nas últimas semanas da temporada com chances de playoffs precisando vencer os Titans e os Patriots.

Já os Panthers viram Christian McCaffrey novamente sofrer uma lesão (ele terminou a partida, mas claramente não estava 100% e foi visto usando uma bota ortopédica na saída do estádio), e tem cada vez menos motivo para otimismo na temporada.

Placar final: Miami Dolphins 33 x 10 Carolina Panthers

Philadelphia Eagles  7 x 13 New York Giants

Uma das “zebras” da rodada, o New York Giants chegou a sua quarta vitória na temporada após derrotar o rival de divisão (NFC Leste), o Philadelphia Eagles, que era o favorito no duelo.

O nome da partida ficou com todo o sistema defensivo dos Giants, que interceptou Jalen Hurts em três momentos diferentes. No ataque, Daniel Jones teve 202 jardas e um touchdown, e Saquon Barkley acumulou 40 jardas em 13 corridas.

Falcons vencem os Jaguars por 21 a 14

Nada como enfrentar os Jaguars para uma equipe em crise. Os Falcons viajaram para Jacksonville após anotar apenas três pontos nas últimas duas semanas, e saíram com a vitória. Os Jaguars seguiram sua tradição de jogar muito, mas muito mal, e novamente decepcionar sua torcida.

Pelos Falcons, o grande destaque foi o RB/WR Cordarrelle Patterson, retornando após uma lesão no tornozelo, com 108 jardas e dois TDs em 16 corridas, além de 27 jardas em duas recepções.

Não que Atlanta tenha precisado se esforçar muito, uma vez que os Jaguars facilitaram bastante começando a partida com um Punt, uma Interceptação e um fumble perdido nos seus três primeiros drives.

Os Falcons agora se preparam para receber os Buccaneers no próximo domingo, enquanto os Jaguars viajam para Los Angeles onde enfrentam os Rams, o que provavelmente resultará em uma surra sobre a equipe da Flórida. Será a primeira vez que os Jaguars enfrentaram Jalem Ramsey, escolhido pela equipe na primeira rodada do Draft de 2016, e trocado para os Rams em 2019.

Placar Final: Atlanta Falcons 21 x 14 Jacksonville Jaguars

New York Jets  21 x 14 Houston Texans

No retorno de Zach Wilson ao New York Jets, após se recuperar de uma lesão no joelho, o quarterback foi um dos destaques do confronto contra o Houston Texans. Em uma partida de duas equipes “negativas” na temporada, a menos pior ficou com a vitória.

Zach Wilson acumulou 145 jardas, um touchdown terrestre e uma interceptação, enquanto do outro lado, Tyrod Taylor teve 158 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.