Conteúdo

Segundo jornal, coproprietário dos Lakers e Dodgers deve se tornar o novo dono do Chelsea com oferta de £3,5 bilhões

29 de abril de 2022

(por Matheus Correia)

Após as sanções e o afastamento do russo Roman Abramovich, o Chelsea está perto de concluir seu processo de venda. De acordo com o jornal "Telegraph", o empresário americano Todd Boehly, coproprietário do Los Angeles Lakers e dos Dodgers, deve ser o novo dono da equipe londrina.

Todd teria vencido o certame com uma oferta de £3,5 bilhões de libras (R$21,7 bilhões), vencendo os grupos liderados por Stephen Pagliuca (coproprietário do Boston Celtics) e Sir Martin Broughton (presidente da British Airways). Caso confirmado, Boehly irá ser o proprietário do clube ao lado de Jonathan Goldstein, roteirista do filme "Homem-Aranha: De volta ao lar" e Hansjörg Wyss, empresário suiço. 

Segundo o Telegraph, houve uma proposta ainda maior realizada pelo engenheiro químico inglês bilionário e CEO da Ineo Jim Ratcliffe, no valor de £4,25 bilhões de libras. Entretanto, Jim fez a oferta fora do prazo-limite estabelecido pelos Blues.

Todd Boehly é mais conhecido por ser o cofundador, presidente, CEO e membro controlador da Eldridge Industries, uma holding com sede em Greenwich, Connecticut, EUA.