Conteúdo

Santos coloca "mistão" contra Deportivo Táchira, joga muito mal, mas empata no fim pela Sulamericana

29 de junho de 2022

por João Zarif

O Santos foi até a Venezuela para enfrentar o Deportivo Táchira pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sulamericana 2022. O técnico argentino Fabián Bustos resolveu poupar diversos jogadores e o clube brasileiro entrou em campo com jogadores muito questionados como Jojhan Julio e Angulo, além de Luiz Felipe e Baliero, que pouco são utilizados e carecem de ritmo de jogo.

A equipe da baixada santista começou melhor, dominando as ações, mas não conseguia criar chances de gol. O jogo estava fraco tecnicamente, e aos 30 minutos o time da casa cobrou escanteio na área e Zanocelo de forma bizarra cabeceou contra o próprio gol, sem chances para João Paulo. 1-0 Táchira.

O time da Vila Belmiro não se encontrava e foi dominado completamemte até o fim da primeira etapa, mas contava com a falta de qualidade do adversário, que mesmo em (mais uma) noite patética do Santos de Fabián Bustos, não conseguiu marcar o segundo gol.

O comandante santista efetuou substituições na segunda etapa e colocou Rwan Seco, Sánchez, Lucas Braga, Auro e William Maranhão, e o show de horrores continuou. O placar parecia definido, quando o Santos encontrou o empate.

Aos 41, Rwan fez boa jogada pela esquerda, achou Sánchez na entrada da área, ele dominou e serviu Angulo, que sozinho dentro da área dominou e bateu forte, com o peito do pé, para empatar o jogo e “salvar” o alvinegro praiano de um vexame.

Final: Deportivo Táchira 1 x 1 Santos

Na volta o Santos precisa de uma vitória simples para passar de fase, e um empate levará para a decisão de pênaltis. Apesar do resultado não ter sido negativo, a atuação foi pífia e manter a pressão alta na Vila Belmiro sobre o trabalho de Bustos. Porém, informações de fontes ligadas à diretoria santista dão conta de que o treinador não corre risco de demissão nesse momento.