Conteúdo

Rublev sobre banimento de russos de WImbledon: “melhor doar dinheiro da premiação para ajuda humanitária”

22 de abril de 2022

(por Mattheus Prudente)

Um dos principais tenistas do mundo, o russo Andrey Rublev, deve ficar de fora do torneio de Wimbledon desta temporada depois do All-England Club decidir banir os atletas russos do Grand Slam. No entanto, Rublev disse que banimento de atletas russos e bielorrussos é “completa discriminação” e “não vai mudar em nada na siuaçao atual”. 

Ao invés disso, Rublev sugeriu que Wimbledon doasse o dinheiro da premiação para ajuda humanitária, afirmando que isso traria “uma mudança real” para as pessoas que sofrem com a guerra entre Rússia e Ucrânia. “Isso seria muito dinheiro, então poderíamos dizer que nenhum esporte doou tanto quanto o tênis”, disse Rublev. 

Rublev parecia muito emocionado ao falar sobre a situação, se desculpando por não dar respostas muito grandes e afirmando que “sempre lutou para jogar tênis, mas nunca teve educação”. O jogador número oito do mundo seria um dos maiores afetados pelo banimento dos atletas de seu país do torneio, pois vive um ótimo ano. 

Além deles, outros atletas que seriam afetados pela decisão de Wimbledon seriam o número dois do mundo Daniil Medvedev, além de,no feminino, Aryna Sabalenka, Victoria Azarenka e Anastasia Pavlyuchenkova. Jogadores como Novak Djokovic e Martina Navratilova criticaram a decisão da organização, dizendo que “não faz nenhum sentido.”