Conteúdo

Roger Federer acredita que os recordes do Big 3 serão quebrados

28 de setembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic, os tenistas que formam o famoso Big 3, concentra a maioria dos recordes do tênis masculino. Porém, apesar disso, Federer disse em entrevista a GQ Magazine, que acredita que os feitos dos três devem ser superados no futuro. 

O vencedor de 20 Grand Slams (assim como os outros dois) citou seu início de carreira para sustentar seu ponto de vista. "Quando comecei, o recorde era de 12 e então Pete Sampras aumentou para 14 depois”, disse o tenista de 40 anos. “Eu o superei em 2009 com 15, empatando primeiro em Roland Garros e então o deixando para trás em Wimbledon. Veremos uma nova era de campeões. Hoje em dia é mais fácil dominar em superfícies diferentes”, afirmou o suíço. “Antes havia jogadores de quadra dura ou saibro, eram bem poucos aqueles que se defendiam bem em todas as superfícies. (Bjorn) Borg conseguiu, mas as coisas eram diferentes. Não se perseguia um Grand Slam depois do outro e nem o recorde como agora. Então, acho que um novo jogador incrível vai quebrar nosso recorde, mas não de imediato”, analisou Federer.

Além disso, Federer elogiou Djokovic pelo ano incrível do sérvio. “Acho que ele teve um ano fenomenal e será muito interessante ver como nossas carreiras continuam. É incrível que Rafa, Novak e eu estejamos em 20 Grand Slam”. Enalteceu Roger.