Conteúdo

Rodada de boas vitórias dos times de Los Angeles, Timberwolves surpreendendo Spurs e mais

11 de janeiro de 2021

(por Vinícius Freitas e Daniel Morales)


Confira como foram os jogos deste domingo, 10 de janeiro:
 

Los Angeles Lakers 120 @ 102 Houston Rockets

Os atuais campeões começaram avassaladores, abrindo 10 pontos de frente logo nos primeiros minutos, com boa atuação coletiva, mais ligados na partida do que os Rockets. A equipe de Houston começou a explorar as bolas de fora, e conseguiu equilibrar o jogo, mesmo com o bom início dos visitantes, terminando com uma pequena desvantagem de 25 @ 21.

Os Rockets tiveram um James Harden sumido no segundo quarto, e apesar das boas atuações de John Wall e Christian Wood no período, a equipe era omissa na defesa, e os Lakers aproveitaram para praticamente liquidar o jogo, fazendo 65 @ 46, com boa parte do plantel pontuando consideravelmente, os destaques maiores foram Anthony Davis e Talen Horton-Tucker.

Na volta do intervalo, os californianos administraram a vantagem, sem botar muito o pé no acelerador. Harden voltou mais interessado, e quando começou a chamar mais o jogo, sua equipe diminuiu para menos de 10 pontos a desvantagem no placar, mas o grande destaque do Houston continuava a ser Wood, que tentava pontuar e conter o jogo de garrafão do adversário. Apesar de ter diminuído a diferença, os Lakers tinham maior ajuda dos bancários, e terminaram ainda com boa vantagem de 88 @ 75.

A etapa final não mudou muito comparada à anterior, com os Lakers administrando a vantagem e contando com uma ajuda maior dos suplentes, do que os anfitriões, mantendo sempre uma vantagem no placar acima dos 10 pontos, sem grandes sustos no decorrer do jogo.

Destaques

LAL: Anthony Davis (27pts, 3blk), LeBron James (18pts, 7reb, 7ast), Talen Horton-Tucker (17pts, 4stl) e Montrezl Harrell (16pts, 8reb)

HOU: Christian Wood (23pts), James Harden (20pts, 9ast, 2blk) e John Wall (14pts, 10reb, 5ast, 2blk)

 

Chicago Bulls 127 @ 130 Los Angeles Clippers

Os Clippers de Kawhi Leonard e Paul George receberam o Chicago Bulls de Zach LaVine e Coby White, no Staples Center, em Los Angeles. E os visitantes conseguiram fazer um jogo muito duro, e por pouco não saíram com a vitória. Os Bulls lideraram o placar em boa parte do primeiro tempo, contando com uma grande atuação da sua dupla White e, principalmente, LaVine, que mostra que tem tudo pra ser o cara da franquia hexacampeã da NBA nos próximos anos. Outro a se destacar foi o rookie Patrick Williams, que tem tido um promissor começo de temporada e, no jogo deste último domingo (10), fez mais uma bela partida, mostrando que pode ser muito útil ao time de Billy Donovan. Mas, como todo time limitado faz na maioria das vezes, o Chicago Bulls sucumbiu no segundo tempo e viu os Clippers, liderados por Kawhi Leonard, virarem o jogo. Kawhi foi o principal nome da franquia de LA com 35 pontos. 

O jogo foi especial para Pat Williams que enfrentou seu grande ídolo no basquete, Kawhi Leonard, e o rookie falou sobre isso após o jogo. “Eu definitivamente vejo o potencial para ser um jogador como ele. Um jogador de mão dupla que pode ser agressivo defensivamente e também ser um talento confiável ofensivamente. Eu falo muito sobre ser um jogador assim e ele é o modelo de jogador desse nível... Foi uma benção estar lá e jogar com ele” falou o promissor calouro. 

Destaques 

Kawhi Leonard com 35 pontos, Paul George, que anotou 28 pontos, 7 rebotes e 9 assistências e Lou Williams, com 21 pontos. Pelo lado de Chciago, Zach LaVine deu seu show, anotando 45 pontos, 7 rebotes e 7 assistências e Patrick Williams fez 17 pontos.

 
Denver Nuggets 114 @ 89 New York Knicks

No Madison Square Garden, o New York Knicks recebeu o Denver Nuggets da dupla Nikola Jokic e Jamal Murray. E, com mais uma grande atuação do pivô sérvio, a franquia do estado do Colorado conseguiu uma boa e tranquila vitória fora de casa. 

Jokic mais uma vez desfilou seu basquete em quadra e foi o cestinha dos Nuggets no jogo com 22 pontos. Seu braço direito, Jamal Murray, além de Gary Harris, foram os outros bons nomes do time na partida. Pelo lado dos Knicks quem se destacou, mais uma vez, foi Julius Randle, com 29 pontos, sendo o grande cestinha do jogo. Mas, isso não foi o suficiente para parar Jokic e Murray.

Destaques 

Julius Randle com 29 pontos, 10 rebotes e 5 assistências, pelos Knicks, e Nikola Jokic, com 22 pontos, 10 rebotes e 5 assistências, pelo time vencedor.

 

Utah Jazz 96 @ 86 Detroit Pistons

Com mais uma grande atuação de Donovan Mitchell, o Jazz bateu os Pistons, em Detroit, no The Palace of Auburn Hills. O Spider (apelido de Donovan Mitchell) foi o cestinha do jogo com 28 pontos, junto com jerami Grant, por Detroit, com a mesma pontuação. Apesar da boa partida feita por Grant e Griffin, os Pistons não foram páreo para Mitchell e companhia. Outro jogador importante para vitória do Jazz foi o armador Mike Conley, que anotou 22 pontos.

Destaques

Jerami Grant com 28 pontos, 4 rebotes e 4 assistências pelos Pistons. Enquanto os melhores do Jazz foram Donovan Mitchell, com 28 pontos, Mike Conley com 22 pontos, 5 rebotes e 6 assistências e Jordan Clarkson, que fez 18 pontos.

 

Oklahoma City Thunder 129 @ 116 Brooklyn Nets

Olha a zebra! O OKC, liderado por Al Horford e Shai Gilgeous-Alexander, venceu os Nets de Kevin Durant, em Nova Iorque. O jogo foi bastante disputado, mas Oklahoma encaminhou a grande vitória no segundo tempo. Alexander foi o grande nome doduelo com 31 pontos, só atrás de Durant, que fez 36. O Thunder tem conseguido fazer bons jogos mesmo em uma temporada de “Tank". Vale lembrar que a franquia terá 18 escolhas de draft nos próximos 4 anos.

Destaques: Kevin Durant com 36 pontos, 11 rebotes e 4 assistências, Caris LeVert, com 21 pontos, 4 rebotes e 6 assistências, e Jarrett Allen, que anotou 15 pontos e 10 rebotes. Pelo lado vencedor, Shai Gilgeous-Alexander fez 31 pontos, 6 rebotes e 7 assistências, Al Horford anotou 22 pontos e 6 rebotes, e George Hill marcou 14 pontos.

 

San Antonio Spurs 88 @ 96 Minnesota Timberwolves 

Os Wolves começaram melhores, com bom aproveitamento nos arremessos de 3 pontos de D'Angelo Russell e Malik Beasley, abrindo uma boa vantagem no início do primeiro quarto. Mas, os texanos correram atrás e, liderados pelo novato Lonnie Walker, conseguiram diminuir a diferença para 22 @ 25, mantendo o jogo equilibrado.

Na etapa seguinte, os Wolves conseguiram manter a frente no placar até a metade do período, mas o jogo coletivo dos Spurs começava a dar certo, e depois de uma sequência de 9-0, a equipe tomou a liderança do jogo pela primeira vez, conseguindo neutralizar muito bem as jogadas dos Wolves, que tinham dificuldades para infiltrar. O Minnesota dependia muito de Russell e Beasley no ataque, com uma péssima atuação do novato Anthony Edwards, (que não pontuou no jogo, 0/8 nos arremessos), mas ainda assim, continuavam vivos na peleja, indo para o intervalo com uma pequena desvantagem, perdendo por 44 @ 49 apenas.

Os Wolves voltaram melhores, e revezaram a liderança do placar durante boa parte do terceiro quarto, liderados pelos polivalentes Beasley e Russell. LaMarcus Aldridge chamou a responsabilidade na etapa, e foi o principal pontuador da equipe, conseguindo ajudar a manter a pequena vantagem para o período derradeiro do jogo, com 69 @ 66 no placar.

A última parte do jogo seguia equilibrada, com os Spurs conseguindo manter a pequena vantagem durante a primeira metade do período, mas os Wolves acertaram a marcação e com cerca de 5 minutos para o final, retomaram a liderança do placar, com bom auxílio de jogadores vindos do banco, que apesar de terem feito poucos pontos na partida, foram cruciais no final do jogo. 

Os texanos pareciam cansados e não conseguiram voltar para o jogo, amargando uma derrota que esteve durante boa parte da partida nas mãos da equipe. 

Destaques

MIN: D'Angelo Russell (27pts, 5reb, 5ast, 4/7 3pts) e Malik Beasley (24pts, 3/6 3pts)

SAS: Lonnie Walker (25pts), LaMarcus Aldridge (20pts, 9reb) e Patty Mills (18pts)

 

Toronto Raptors 105 @ 106 Golden State Warriors

Confira tudo sobre este jogaço aqui: https://www.playmakerbrasil.com.br/noticia/em-jogaco-golden-state-warriors-vence-toronto-raptors-nos-segundos-finais