Conteúdo

River Plate domina o jogo fora de casa e elimina o Argentinos Juniors para pegar o Galo nas quartas

22 de julho de 2021

(por Rafael Lima)
 

O duelo argentino foi fraco tecnicamente no primeiro jogo. O Argentinos Juniors, apesar de menos tradicional, entrava em campo classificado com o 0x0 e prometia uma proposta cautelosa. Enquanto o River Plate, mesmo sem ter um grande elenco, era obrigado a propor o jogo.

O River começou com as linhas mais altas, tentando ocupar o campo do Argentinos, mas não tinha muita liberdade de criação, apanhando demais. Os visitantes não conseguiam criar chances claras, mas rodavam a área do adversário nos primeiros 20 minutos.

O jogo seguiu com o River Plate pressionando, mesmo sem ser muito incisivo, mas nada de criar chances claras. Mas, aos 35’, um chutão de Martínez para a frente, contou com um toque de Suárez, e um escorregão muito feio de Quintana, para deixar Braian Romero em boa condição de finalizar para dar um chutaço de direita para abrir o placar. 1 a 0 para o River merecido!

Os Millonarios continuaram melhores, porém, o Argentinos Juniors saiu um pouco mais de trás. Mac Allister encontrou Hauche bem posicionado na área e ele bateu para uma boa defesa de Armani, na melhor chance dos anfitriões na partida até então. 

Os visitantes dominaram a primeira etapa, fizeram a vantagem, mas não tem nada decidido. A tendência para o segundo tempo era de um Argentinos Juniors buscando o gol desde o início. 

 O time da casa, com a entrada de Florentín, buscava atacar mais, porém, não conseguia criar chances claras. E, para ficar pior ainda para o Argentinos Juniors, um contra-ataque pelo meio contou com um passe para Carrascal, que não alcançou a bola, mas ela sobrou para Suárez, que serviu Romero, para de carrinho, sem goleiro, fazer o segundo! O River encaminhava a vaga aos 9’ do segundo tempo.

Pouco tempo depois o River Plate, se aproveitando que o Argentinos Juniors se lançou abertamente ao ataque, quase chegou ao terceiro. Martínez deu um chutão para frente e Carrascal ganhou do zagueiro na velocidade, tirou o goleiro do lance e chutou para o gol vazio. Porém, o VAR encontrou um toque de mão do meia do River e anulou o tento. 

O Argentinos Juniors tentava sem sucesso criar jogadas ofensivas, só que nada acontecia. O jogo ficou morno, com o River Plate satisfeito e o time da casa sem forças para reagir. Com 30 minutos do segundo tempo o juiz já poderia ter liquidado a fatura.

A partida se arrastou até o fim e, exceto uma cabeçada de Mac Allister para grande defesa de Armani, nada mais aconteceu.
 

Final: Argentinos Juniors 0x2 River Plate
 


 

O River Plate se impôs fora de casa e mostrou que a tradição conta. Dominou a partida e se classificou com sobras, sendo o único argentino vivo na Libertadores. 

O próximo adversário do River é o Atlético Mineiro, num confronto que tem tudo para ser espetacular. O Galo é favorito pelo elenco, mas jamais poderemos subestimar o time de Marcelo Gallardo.