Conteúdo

Red Sox seguem imparáveis, jogaço entre Orioles e Nationals e a hora do pesadelo parte 2 em Atlanta

23 de maio de 2021

(por Raquel Amaral)
 

Após uma rodada eletrizante na sexta-feira (21), os jogos do sábado foram mais tranquilos. Placares em geral mais magros e somente um jogo com 10 entradas.

 Mas, nem por isso, deixamos de ter bons momentos, pelo contrário.
 

Boston Red Sox 4 X 3 Philadelphia Phillies

 Bryce Harper entrou na partida com o fardo de voltar a marcar e os Phillies com a missão de evitar a 4ª derrota consecutiva, mas, diante do embalado Boston Red Sox, as chances de falhar miseravelmente eram enormes. 

As primeiras entradas não tiveram pontuação, mas o caminho da vitória de Boston começou a se abrir na 3ª entrada, após uma rebatida dupla em uma fly ball, Eovaldi marcou. Hernandez, que foi para a 3ª base, anotou, na jogada seguinte, um ponto após uma bola de sacrifício.

 Na 4ª entrada, Brad Miller, pelos Phillies, conseguiu anotar.

O jogo, até então, parecia equilibrado, mas na 6ª entrada, os Red Sox marcaram seus pontos decisivos, com dois home runs, um de Bogaerts e outro de Santana.

A partir daí, Boston seguiu administrando o placar.   

Perdendo por 4 a 2, na 7ª entrada, era a hora de Bryce Harper com bases lotadas. Era a chance de grand slam e da virada de Philadelphia, mas sem sucesso. Na sequência, Hoskins é atingindo pela bola e o time conseguiu, ao menos, um pontinho de consolação.

Miller ainda teve a chance de virar, mas também desperdiçou, de forma que os Phillies terminam a 7ª entrada em desvantagem.

As duas equipes seguiram o restante do jogo sem marcar pontos. Na 9ª entrada, Philadelphia poderia ter ganho o jogo, mas a estrela de Barnes, pitcher de Boston, brilhou e não deu qualquer chance aos rebatedores adversários.

O grande resumo da partida foi: Harper segue sem marcar e o ataque dos Phillies continua apático. Pelo lado de Boston, a vitória veio pela eficiência de arcar dois home runs na hora certa e pela precisão de seu pitcher.

Com isso, os Red Sox seguem firmes em uma temporada gigante, 29 vitórias e 18 derrotas, segundo lugar no geral.
 

Baltimore Orioles 9 x 12 Washington Nationals

Um jogaço! Os Orioles começaram arrasadores marcando cinco pontos logo na 1ª entrada, sendo quatro deles em um grand slam de Mountcastle que rebateu um home run para o campo esquerdo, permitindo que Galvis, Mancini e Santander anotassem.

Mas, após esse começo arrasador, o ataque de Baltimore foi perdendo o gás lentamente, sem que se desse conta do crescimento dos Nationals. Vejamos:

Washington marcou seu primeiro ponto da equipe na 2ª entrada com Castro.

Na 3ª entrada, Severino rebate e Santander anota. Mas, na parte baixa da entrada o ataque de Washington chegou para o jogo e notou quatro pontos, reduzindo sua desvantagem para somente um. E não parou por aí: na entrada seguinte, foram mais quatro pontos, que viraram o placar para 9 a 6, em favor dos Nationals. Em duas entradas, a equipe conseguiu dois home runs e 8 pontos!

Na 5ª entrada, os Orioles conseguiriam anotar um ponto em um home run de Santander.

Mas, a entrada seguinte foi novamente de supremacia do ataque de Washington, que marcou 3 pontos, um deles por conta de um on fielding error do terceira base Franco. Quando a noite é boa, até a sorte ajuda.

Os Orioles ainda conseguiram tirar a desvantagem, marcando dois pontos, com Franco e Mountcastle.

 Com isso, o placar final ficou em 12 a 9 para os Nationals.

Foi um belo jogo dos dois ataques, mas, pelo lado dos Nationals, Zimmerman, Soto e Harrison fizeram a diferença e comandaram uma explosão ofensiva que resultou na virada numa partida em que o time perdia por 5 pontos.
  

Pittsburgh Pirates 1 x 6 Atlanta Braves

 A rodada da 6ª feira, foi um dia para ser esquecido na história dos Pirates, a equipe, como sabemos, perdeu por 20 a 1, uma verdadeira façanha.

Com isso, a rodada do sábado deveria ser o resgate da dignidade para a equipe de Pittsburgh, mas não foi exatamente o que aconteceu. Acuña Jr e Albies, mais uma vez deitaram e rolaram, não dando qualquer chance aos Pirates.

Acuña, no melhor estilo carrasco, abriu a pontuação de Atlanta com um home run na 1ª entrada. Depois dele, Freeman ainda marcou após uma rebatida de Riley.

Na 2ª entrada, mais Fredie Freeman que, desta vez rebate, permitindo que Inciarte marcasse.

Os Pirates marcaram seu pontinho de honra na 3ª entrada em um home run de Michael Perez, mas qualquer tentativa de reação parou por aí.

Na 5ª e 7ª entradas, foi a vez do show de Ozzie Albies, que marcou dois home runs. No primeiro deles, Freeman ainda anotou. Com isso, o placar da partida ficou em 6 a 1 para Atlanta.

Para evitar uma derrota ainda mais amarga, os Pirates, na 9ª entrada, realizaram uma substituição no pitiching, saindo Tyler Matzek, entrando Luke Jackson. As mudanças defensivas, ainda que tardias, tiveram efeito, pois impediram que Atlanta marcasse mais pontos.

Com isso, mais um show do ataque os Braves, com destaque para Albies, que chegou ao seu 9º home run na temporada. Já para os Pirates, mais um dia de tristeza num final de semana desastroso.
 

Fastball, as rapidinhas da rodada
  • Miami Marlins vencendo os Mets por 3 a 1, com um walk off de Cooper
  • Momento fofura com Pujols entregando seu bastão para uma criança
  • Zimmerman, pelos Nationals, marcando sua 948ª corrida da carreira, torna-se o recordista da história dos Nationals
  • Apagão do ataque do White Sox diante dos Yankees
  • Twins e Indians forma o único jogo de 10 entradas do dia
     
Outros Resultados

Chicago White Sox 0 x 7 New York Yankees

Chicago Cubs 1 x2  St Louis Cardinals

Arizona Diamondbacks 6 x 7 Colorado Rockies

Houston Astros 4 x 8 Texas Rangers

Detroit Tigers 5 x 7 Kansas City Royals

New York Mets 1 x 3 Miami Marlins

Minnesota Twins 3 x 5 Cleveland Indians

Millawakee Brewers 4 x 3 Cincinnati Reds

Los Angeles Dodgers 6 x 3 San Francisco Giants  

Tampa Bay Rays 3 x 1 Toronto Blue Jays

Seattle Marines 4 x 6 San Diego Padres

Oakland Athletics 6 x 2 Los Angeles Angels