Conteúdo

Rams vencem Washington, e seguem em busca dos playoffs

11 de outubro de 2020

(por Edmar Jardim)
 

Washington Football Team e Los Angeles Rams se enfrentaram na capital americana pela semana 5 da NFL.

Em um primeiro tempo movimentado, os Rams estabeleceram vantagem logo no início, após TD corrido de Darrel Henderson. XP pra fora, e 6-0 Rams. O jogo passou a ter ares históricos quando Washington virou a partida. Touchdown corrido do quarterback Kyle Allen, que se lesionou na jogada. 7-6 a favor dos donos da casa após o XP convertido. Começava nesse lance a história mais legal desse jogo, talvez uma das mais legais da Liga: o substituto de Allen após a lesão foi Alex Smith!

Se você leitor não lembra de Smith, por favor, busque no Google. Sua lesão, seu histórico, sua volta por cima. Alex Smith jogou seu primeiro snap desde 2018, e esse colunista está honrado em cobrir esse fato. Alex Smith é sim um herói por seu retorno à liga, e isso bastaria por hoje, mas há um jogo em andamento. E nesta partida, os Rams ainda se sobressaíram ao Washington. Robert Woods e Jared Goff anotaram mais 2 Tds e, após field goal em campanha comandada por Smith, fim do primeiro tempo: 20-10 a favor dos visitantes, que com consciência e um elenco mais farto, além de opções mais diversificadas no game plan, não tiveram dificuldades para a construção.

A mesma tendência se apresentou no segundo tempo, porém com muito menos emoção e movimento no placar.

Apesar de toda a expectativa e ansiedade, Alex Smith não conseguiu conduzir sua equipe a mais pontos. Não muda o herói que ele foi ao retornar à NFL, mas Washington não conseguiu conduzir campanhas consistentes e que fossem capazes de fazer algum barulho.

Já Jared Goff acionou o nível Game Manager na segunda etapa, conduzindo sua equipe à vitória sem passar sustos. Um field goal no terceiro quarto, e um touchdown no quarto período anotado por Darrel Henderson, seu segundo na tarde.

 

Final:  Los Angeles Rams 30 - 10 Washington Football Team

 

 

Se o jogo não teve maiores emoções em termos de variação no placar, marcou a volta de Alex Smith. O Los Angeles Rams tem uma equipe preparada para pós-temporada, apesar de habitar uma dificílima divisão. É um time a ser observado.

Washington, por sua vez, precisa remar para entender as necessidades de uma franquia que orbita entre o rebuild completo e a possibilidade de competir.