Conteúdo

Quebraram a banca! US Open terá final feminina entre duas jovens zebras

10 de setembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Leylah Fernandez e Emma Raducanu. Mesmo que você acompanhe o circuito mundial de tênis, pode ser que não conheça esses nomes. Leylah, canadense, 19 anos de idade, número 73 do mundo, e Emma, britânica, 18 anos, 150ª do ranking, nunca chegaram perto de vencer um Grand Slam. Leylah Fernandez chegou no máximo na terceira fase, enquanto Emma Raducanu havia chegado nas oitavas de finais de Wimbledon neste ano.

De repente, essas duas “ilustres desconhecidas” superaram adversárias fortes, mais bem ranqueadas e badaladas para fazerem uma final completamente improvável no US Open. 

Essa será a final mais jovem do torneio desde 1999, quando Serena Williams e Martina Higgins se enfrentaram. 

Nas semifinais, ambas apresentaram atuações fantásticas, fazendo por merecer essa final inusitada. Leylah Fernandez, que já havia eliminado Naomi Osaka, Elina Svitolina e Angelique Kerber, tinha a número 2 do mundo pela frente, Aryna Sabalenka, favoritíssima. 

Sabalenka começou a partida impondo seu jogo agressivo e mostrando que estava disposta a chegar na final, ela abriu 4 a 1. Só que Leylah Fernandez demonstrou consistência no fundo de quadra equilibrou as ações e forçou erros da bielorrussa para vencer o primeiro set. A diferença nos turnovers foi notável, com 18 de Aryna contra 6 de Leylah. No segundo set a canadense começou melhor, conseguiu uma quebra, mas Sabalenka devolveu na mesma moeda e dominou a reta final da parcial. Com um saque muito bem encaixado, Leylah Fernandez não se intimidou e seguiu errando pouco, enquanto Aryna Sabalenka sucumbiu à pressão e, com uma dupla-falta, mostrando que não estava bem no jogo mental, permitiu a ida histórica para a final da canadense.

Na segunda semifinal Emma Raducanu tinha pela frente a embalada Maria Sakkari, que foi à quadra como favorita. Porém, a britânica demonstrou uma consistência absurda e um poder mental nos momentos decisivos, para fazer 6 a 1 no primeiro set. Raducanu seguiu agressiva e quebrou o saque de Sakkari logo de cara no segundo set. A partir daí, foi sacar bem, aplicar devoluções precisas e errar pouco para conquistar a vaga na final. Emma Raducanu foi a primeira atleta, entre masculino e feminino, a sair do “qualify” e chegar na final de um torneio de Grand Slam. Histórico!

Resultados

Leylah Fernandez (CAN) venceu Aryna Sabalenka (BLR), 7/6(3) 4/6 6/4

Emma Raducanu (GBR) venceu Maria Sakkari (GRE), 6/1 6/4