Conteúdo

Prorrogação entre Vikings e Panthers, Lamar Jackson para MVP, e Packers vencem mais uma vez os Bears; confira os jogos do primeiro horário da NFL

17 de outubro de 2021

(por Layo Lucena e Raquel Amaral)

A semana 6 da NFL está “pegando” fogo! Após o duelo entre Jacksonville Jaguars e Miami Dolphins em Londres, tivemos sete confrontos no primeiro horário, com destaque para: Prorrogação entre Vikings e Panthers, Packers contra os Bears e duelo entre Justin Herbert e Lamar Jackson. Confira:

Carolina Panthers (3-3) 28 X 34 Minnesota Vikings (3-3)

Panthers e Vikings foi um tipo de jogo que gostamos de ver indefinido até o fim. Os Panthers começaram com uma interceptação e na sequência, os Vikings abriram o placar com um field goal. Ainda no primeiro quarto, os Vikings sofreram um fumble, permitindo que os Panthers retomassem a posse e, em apenas 42 segundos, anotassem um touchdown, passando à frente. Os Vikings ainda conseguiram anotar um field goal, encostando no placar. 6 X 7.

No segundo quarto, os Vikings conseguiram anotar seu primeiro touchdown, mas tentaram a conversão para dois pontos sem sucesso. Na campanha seguinte, os Panthers não conseguiram touchdown, mas retomaram sua vantagem com um field goal, levando a partida ao intervalo com 12 X 10.

A equipe de Carolina parecia animada no retorno do intervalo, anotando mais um touchdown, após um bloqueio de punt por Luvu. Mas os Vikings não se abateram e conseguiram virar com um touchdown de Dalvin Cook em uma drive de menos de três minutos. Mais uma vez, o time tentou converter dois pontos e, mais uma vez, falhou.

Um ponto atrás no placar, os Panthers tinham que marcar, mas rapidamente sofreram um fumble, dando a chance de ouro que os Vikings precisavam e souberam aproveitar com touchdown de Thielen, deixando o placar em 25 x 17.

No início do último quarto, os Vikings ampliaram sua vantagem em um field goal. Mas os Panthers não estavam dispostos a se entregar e, na etapa final, arrancaram um empate heroico, com um field goal, touchdown e uma conversão de dois pontos. Mas os Vikings ainda poderiam vencer, mas Joseph erra um field goal de 47 jardas, a 10 segundo para o fim, levando o jogo para prorrogação.

Na prorrogação, os Vikings começam com a posse Cousins lança para Osborn que marca o TD da vitória. Um jogaço, imprevisível até o último segundo.

Green Bay Packers (5-1) 24 x 14 Chicago Bears (3-3)

Em Chicago, tivemos mais um confronto de uma das rivalidades mais fervorosas de toda a NFL, e não deu outra. Os Packers, com grande desempenho ofensivo, venceu a sua quinta partida da temporada, já os Bears sofreram com alguns erros do novato Justin Fields, mas, pelo lado positivo, Cairo Santo continua perfeito em 2021 (dois pontos extras).

Rodgers terminou o jogo com números sólidos, completando 17-23, lançando 195 jardas e dois touchdowns. Já as suas duas “armas” favoritas somaram 165 jardas totais. Do outro lado, Fields teve 174 jardas lançadas em 16 passes completos (27 tentativas), além de um touchdown e uma interceptação.

Los Angeles Chargers (4-2) 6 x 34 Baltimore Ravens (5-1)

Um belo duelo de QBs, Justin Herbert x Lamar Jackson. Mas os Ravens não deram chance para os Chargers e doutrinaram, em um domínio que começou já no primeiro quarto com Latavius Murray.

No segundo quarto, Le’veon Bell marcou touchdown, ampliando a vantagem para Baltimore, que ainda pontuou novamente com um field goal. Após o chute, tivemos uma interceptação de cada lado, seguida de um touchdown dos Chargers que tentaram ainda a conversão de dois pontos, mas falharam. Assim, a primeira etapa da partida terminou em 6 x 17.

Até em então, a desvantagem no placar não parecia tão irreversível, mas do terceiro quarto em diante, só deu Ravens que já voltaram do intervalo anotando touchdown em um passe de Andrews para Lamar, um field goal e mais um touchdown de Freeman, fechando o placar em 6 x 34.

Minando qualquer reação do adversário, os Ravens se impuseram na partida e, mesmo com duas interceptações, Lamar deu mais uma vez show, com 19 passes de 27, 1 touchdown e 167 jardas. Sendo justos, os números de Herbert também foram bons, 22 passes para 39, 197 jardas, mas a performance, como um todo, dos Chargers foi muito aquém do necessário e o time foi atropelado em Baltimore.

Kansas City Chiefs (3-3) 31 x 13 Washington Football Team (2-4)

A partida entre Kansas City Chiefs e Washington Football Team pode ser descrita em uma palavra: ilusão. A equipe da casa tirou “10” no quesito iludir o torcedor, já que terminou o primeiro tempo liderando.

Patrick Mahomes teve um desempenho no mínimo contestável nos dois primeiros quartos, mas o camisa 15 se recuperou e liderou os Chiefs para virar o marcador. Mahomes finalizou a tarde com 32-47, 397 jardas lançadas, dois touchdowns e duas interceptações. Travis Kelce, assim como Mahomes no primeiro tempo, assustou o torcedor dos Chiefs após se lesionar, mas o tight end retornou ao campo e somou oito recepções para 99 jardas.

Já o grande destaque do Washington Football Team foi J.D. McKissic O running back foi bem usado tanto no jogo corrido quanto recebendo passes. O camisa 41 acumulou 45 jardas terrestres e 65 jardas recebidas.   

Los Angeles Rams (5-1) 38 X 11 New York Giants (1-5)

Uma surra! Os Rams mal deixaram os Giants ver a cor da bola. Os Giants até tentaram e, em seu primeiro drive, abriram a partida em vantagem com um field goal e conseguiram manter a vantagem durante todo o primeiro quarto.

Era começo de um sonho, mas deu tudo errado. No segundo quarto, os Rams marcaram três touchdowns, com Woods, Kupp e Henderson. Foi um período animado, com duas interceptações de Daniel Jones. Mas, mesmo com amplo domínio dos Rams, Matt Stafford também teve sua interceptação de brinde ao tentar lançar para Kupp, por sorte, faltavam somente 10 segundos para o fim do segundo quarto, e o jogo foi para o intervalo com placar de 28 x 3.

No retorno, os Rams chutaram field goal, abrindo 31 no placar. Na sequência, mais um erro de Daniel Jones que é novamente interceptado, devolvendo a posse para o adversário. A equipe de Los Angeles soube aproveitar a chance recebida em marcou mais um touchdown com passe de Stafford para Kupp, aumentando a vantagem para 38 X 3.

No início do quarto quarto, os Rams  “se deram ao luxo” de sofrer uma intercepção. Com isso, os Giants retomaram a posse de bola, marcaram touchdown e converteram os dois pontos, mas era tarde demais, a partida encerrou em 38 x 11 para os Rams.

Cincinnati Bengals (4-2) 34 x 11 Detroit Lions (0-6)

O Cincinnati Bengals viajou até Detroit para enfrentar um dos piores times da NFL, os Lions. Sem dificuldades, a equipe de Joe Burrow só desfilou seu potente ataque, que somou 398 jardas totais.

Burrow, com 271 jardas, três touchdowns e uma interceptação, liderou o setor ofensivo dos Bengals, que também teve as boas atuações de Joe Mixon (18 jardas e 94 jardas) e Ja’Marr Chase (quatro recepções para 97 jardas).

Houston Texans (1-5) 3 x 31 Indianapolis Colts (2-4)

Os Texans visitaram os Colts, em Indianápolis, apenas para garantir a sua quinta derrota seguida. Marcando só três pontos, o time de Houston não ofereceu muita resistência, o que os Colts agradeceram marcando 31 pontos.

Carson Wentz lançou 223 jardas e dois touchdowns, mas foi o running back Jonathan Taylor o grande destaque com 145 jardas corridas e dois touchdowns. Outro destaque foi o retorno de T.Y. Hilton, que terminou a partida com 80 jardas recebidas.