Conteúdo

Prévia de playoffs entre Nets e Bucks, derrota inesperada de Philadelphia e Lakers com risco de ficar fora do play-in; confira como foi a rodada desta quinta (31) pela NBA

1 de abril de 2022

(por Sérgio Viana)

A rodada desta quinta-feira (31) pela NBA contou com um jogaço entre Nets e Bucks, uma derrota inesperada dos 76ers, Lakers com risco de ficar fora do play-in e mais. Confira a análise e os resultados:

Brooklyn Nets 119 x 120 Milwaukee Bucks

Quem foi ontem ao Barclays Center ficou com a impressão de que era um jogo de playoff. Nets e Bucks fizeram uma partida com tudo que um confronto grande apresenta: equilíbrio, duelo tático, estrela brilhando e chamando a responsabilidade, confusão e partida definida no último lance.

O embate foi muito equilibrado, tanto que entrou no último quarto com vantagem de um ponto para o time de Wisconsin. A vaca parecia ter ido para o brejo quando faltando pouco mais de 5 minutos para o final da partida, Middleton fez uma falta flagrante em Bruce Brown indo para a bandeja e foi ejetado. 

Para ajudar, os Nets fizeram uma corrida com Durant pegando fogo e abriram 9 pontos faltando 3:52 no relógio. Mas Giannis colocou o jogo debaixo do braço, e com 18s restantes, guardou uma improvável cesta de 3 e empatou a partida, para desespero da torcida.

O Brooklyn Nets ainda teve uma posse para matar o jogo no tempo normal, mas com uma excelente jogada defensiva que resultou em uma parede de Holiday e Giannis na frente de Durant, o jogo foi para a prorrogação.

Aí, venceu quem errou menos - Matthews fez uma falta mais que infantil em Durant na linha dos três pontos com 8.7s no relógio. O cara foi lá e guardou para colocar o Nets na frente por 1 ponto: 119x118.

Na sequência, bola na mão de Giannis, que bateu para dentro e tomou a falta para dois lances com 3s no relógio. O ala-pivô vem melhorando nos lances livres - guardou os dois (acertando 15/19 no jogo) para colocar o atual campeão à frente com 120x119.

Na última posse, Durant ainda teve a chance de dar a vitória aos Nets, mas desta vez, Matthews não estava lá para fazer a falta. KD arremessou, a bola rodou e não caiu.

Ainda bem que o James Harden ficou bravinho e se mandou para a terra de Nick Foles! O Nets seria uma equipe perigosíssima nessa reta final com ele no lineup e com Kyrie Irving podendo jogar em NY.

Brooklyn está em uma boa crescente, mas depende demais de suas duas estrelas, e o elenco de apoio não se mostra confiável - o Curry "genérico" não tem um playbook que favoreça seu jogo nesse estágio da temporada e com Simmons fora de combate, é com isso aí que o Nets vai tentar avançar.

Os Bucks mostram que ainda são o time a ser batido no Leste. Mesmo com o aumento do equilíbrio e competitividade da conferência, a performance do atual campeão contra os contenders é bem convincente.

Detroit Pistons 102 x 94 Philadelphia 76ers

Em Detroit, teve torta de climão por conta de uma inesperada e improvável vitória dos Pistons sobre o favoritíssimo 76ers, por 102 x 94. O jogo estava sob controle de Philly até metade do último quarto, quando Cunningham e Bey pegaram fogo e viraram o jogo para o time da casa, que não perdeu mais a dianteira do placar.

Ao final do jogo, o "Pofexô" Rivers colocou a responsabilidade da derrota na conta do seu camisa #1. Harden não teve uma boa partida, amassou o aro com 4/15 em arremessos livres, e mais uma vez, não repetiu as boas atuações de sua chegada a Filadélfia.

Não é nem sombra do jogador que era ídolo em Houston, mas eu não acho uma boa ideia bater de frente com o Barba tendo como General Manager Daryl Morey, eu só ACHO. Terceira derrota consecutiva do time de Embiid que se posiciona ainda com mando de quadra no momento.

Utah Jazz 112 x 109 Los Angeles Lakers

Em Salt Lake City, com a volta de Bogdanovic à ativa, o Jazz não teve maiores dificuldades para bater um combalido Lakers sem James e Davis por 112 x 109. Situação difícil para o time da Califórnia, que luta com os Spurs pela última vaga no play-in. Quem imaginaria que o Mal Angelino chegaria nessa situação nesse momento da temporada regular. Estou bem triste com isso. #sqn

Demais resultados:

Cavs 107 x 131 Hawks

Clippers 120 x 135 Bulls 

Destaques da rodada

Cestinha: DeMar DeRozan entregou 50 pontos na vitória contra o Clippers e manteve a dignade do Bulls. DeRozan faz uma temporada em nível MVP levando essa arca de Chicago nas costas.

Melhor jogador: Giannis Antetokoumpo, Greek Freak só não fez chover na noite passada em Brooklyn, 44 pontos, 14 rebotes, bola de três, Lance Livre, defesa e ainda segurou o rojão no final do jogo com a ejeção de Middleton.

Melhor atuação coletiva: Utah Jazz na vitória sobre o Lakão da massa.

Jogada decisiva: Bola de 3 pontos de Giannis para levar o jogo para a prorrogação.

Jogo da rodada: Bucks x Nets

Sinal vermelho: Lakers, risco iminente de ficar de fora do play in, o que seria uma vergonha.

Sinal amarelo: 76ers, terceira derrota seguida, climão, Rivers tem que segurar o vestiário.

Sinal verde: Hawks com a quarta vitória seguida, se afasta do risco de ficar de fora do Play in e agora luta pela 7ª e 8ª posição essa reta final.