Conteúdo

Preocupação com saúde e liberdade, ou com lucro? Djokovic possui 80% de farmacêutica que promete remédio contra Covid

19 de janeiro de 2022

Por Jeff Castanheira

 

Um novo capítulo surge na novela Novak Djokovic. Após ser barrado e ter seu visto cancelado para participar do Australian Open, devido ao fato do tenista não estar vacinado - e também ter ações negacionistas quanto à vacina, o sérvio adquiriu em 2020, 80% da QuantBioRes, uma empresa da indústria farmacêutica da Dinamarca que promete uma solução em medicamentos para o combate contra a Covid-19. A empresa afirma que o medicamento até impedirá a infecção por coronavirus, segundo a Reuters.

O CEO da QuantBioRes, Ivan Loncarevic, se recusou à conversar sobre valores. A empresa tem cerca de 11 pesquisadores trabalhando em três países, e enfatiza que estão trabalhando em um tratamento, não em uma vacina. Um porta-voz de Djokovic foi acionado, mas não quis comentar sobre o caso.