Conteúdo

Pelo bem do basquete, vai ter jogo 7! Show de Tatum ofusca partidaça de Giannis e Celtics vencem em Milwaukee

13 de maio de 2022

(por Rafael Lima)

Após um jogo 5 histórico em que o Boston Celtics deixou escapar pelos dedos uma vitória certa no quarto período, permitindo uma reação espetacular do Milwaukee Bucks, que culminou em um protagonismo impressionante de Jrue Holiday, que dominou e constrangeu Marcus Smart, garantindo uma vitória fundamental para os atuais campeões.

Aos celtas era vencer ou dizer adeus à temporada, enquanto Milwaukee buscava sua segunda final de conferência consecutiva para duelar com o Miami Heat para conquistar uma vaga na final da NBA.

Antes da partida, existiam muitas perguntas a serem respondidas. Como estaria o psicológico de Smart? Giannis Antetokounmpo seria novamente dominante? Al Horford repetiria seu jogo histórico do quarto confronto? A influência da torcida seria determinante para os Bucks? Enfim, ingredientes não faltavam para o embate épico no Fiserv Fórum.

Os visitantes começaram quentíssimos nas bolas de 3 pontos, anotando seus cinco primeiros pontos dessa forma, enquanto Milwaukee procurava o tempo todo Giannis Antetokounmpo. Boston tentava abrir vantagem, só que depois de impor um 15 a 6 logo de cara, permitiu que os anfitriões chegassem no placar. Uma sequência de bolas de 3 de Giannis e Holiday colocaram o time da casa em vantagem.

Marcus Smart, parecendo não ter se abalado com a última partida, somado às bolas de 3 que caiam em abundância por vários jogadores, fizeram os celtas retomarem a liderança, terminando o primeiro período com o placar favorável em 28 a 26. O destaques da primeira parcial foram as oito cestas celtas do perímetro e os 17 pontos anotados por Antetokounmpo.

Os Celtics voltaram com tudo para o segundo período, no embalo de Jayson Tatum as bolas caíram e os visitantes conseguiram pela primeira vez colocar 10 pontos de frente. Porém, com alguns arremessos precipitados os celtas permitiram que Milwaukee voltasse para o jogo com Giannis e Holiday atuando de forma espetacular.

Boston seguia desperdiçando ataques, enquanto os anfitriões, mesmo com muita dificuldade, pontuavam na marra para manterem o placar próximo. O jogo era tenso, errático, mas muito emocionante.

Na reta final de um quarto em que as defesas foram dominantes na maior parte do tempo, os Celtics conseguiram voltar a abrir vantagem trabalhando bem a bola, com Derrick White sendo o protagonista para Boston reabrir uma boa diferença e levar 10 pontos de frente para o intervalo (53-43).

No primeiro tempo os celtas mostraram que estavam totalmente recuperados da frustrante derrota do jogo 5, arriscando bem de fora e defendendo com a intensidade de sempre.

O Boston Celtics voltou muito bem dos vestiários. A equipe seguiu se defendendo de forma exemplar e escolhendo bem os arremessos. Jayson Tatum e Jaylen Brown, bem ligados, conduziam o time que mantinha dígitos duplos de vantagem.

Após um grande início de terceiro período, em que os celtas chegaram a abrir 18 pontos de frente, atuando de forma consciente no ataque, o time começou a rifar posses de bola com tentativas frustradas do perímetro, apresentando uma confiança irritante, que não se concretizava. Desta forma, com uma “run” de 14 a 4, Milwaukee voltou para a disputa.

Só que na reta final, Boston passou a trabalhar melhor a bola, forçando um pouco menos os arremessos e com Tatum chamando a responsabilidade para levar uma vantagem de 12 pontos para o quarto período (82-70).

O período final começou tenso, Jaylen Brown era o protagonista pelos Celtics, mas era ofuscado por Giannis, que incendiou o ginásio e liderou uma “run” de 11 a 1para fazer a diferença despencar.

Após o apagão, Jayson Tatum voltou para o jogo e fez Boston respirar com as mãos muito quentes. Desta forma o camisa 0 acabou contagiando seus companheiros e o time celta voltou a abrir dígitos duplos de frente.

Jayson Tatum seguiu indomável e, mesmo com Giannis fazendo de tudo um pouco, ofuscou a grande partida do grego e levou os celtas ao triunfo. Que espetáculo!



 

Final: Boston Celtics 108x95 Milwaukee Bucks

O basquete é um esporte fantástico! Não importam os prognósticos, quando a bola sobe e existem dois times equivalentes tudo pode acontecer. Muitos esperavam um Boston Celtics cabisbaixo pela forma como foi derrotado, porém, com essa camisa pesada e jogadores frios, como os criticados Marcus Smart e Jayson Tatum, a equipe dominou a maior parte da partida, foi espetacular nos arremessos do perímetro (17/43), superou a desconfiança e forçou o jogo 7.

O sexto confronto da série foi um duelo entre Tatum (46pts, 9reb e 4ast) e Giannis Antetokounmpo (44pts, 20reb e 6ast). O grego fez o que vem fazendo todas as noites, foi dominante e um ponto de desequilíbrio, mas o camisa 0 celta demonstrou uma frieza dos grandes dessa franquia, chamou a responsabilidade e, no momento mais crítico do quarto período mostrou do que é feito, conduzindo os Celtics ao jogo 7.

Quando aparece de um lado o atual campeão, que possui o melhor jogador da liga na atualidade, e do outro, uma das franquias com mais títulos, com uma das maiores estrelas do basquete atual e uma defesa incrível, só poderíamos esperar esse show que se tornou essa série, que mesmo antes do fim já entrou para a história deste esporte.

Felizardos somos nós, que podemos acompanhar a história sendo escrita diante de nossos olhos. Viva o basquete! Viva a NBA! E que o domingo não demore a chegar.