Conteúdo

Paulo Borrachinha pede revanche, mas Dana White não se mostra favorável

29 de setembro de 2020
17h 35

(por Murilo Paiva)

Podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que a luta principal do UFC 253, Adesanya x Borrachinha, foi uma das maiores decepções no mundo do MMA. Não somente pelo sentimento de frustação pelo título não estar com o brasileiro, mas pelo nível apresentado (pelo lado de Paulo Borrachinha). Entretanto, Borrachinha, após a luta, teve conhecimento da atitude sem respeito pelo lado do campeão e fez duras críticas.

Através do seu instagram, Paulo Borrachinha disse que o assunto agora é pessoal e exigiu uma revanche contra Adesanya:

“Dana White, faz essa luta acontecer. Eu não tinha visto a atitude dele dentro do octógono, agora virou uma questão de honra. O Paulo Borrachinha agressivo como sempre. Dana White, faça acontecer. Agora eu estarei 100%. Sem desculpas para arrancar a cabeça desse palhaço desrespeitoso”.

Vale lembrar que após nocautear o brasileiro, Adesanya tripudiou da posição e fez um movimento inapropriado no mundo do MMA profissional. Porém, o presidente do UFC, Dana White, não poupou críticas ao desempenho de Borrachinha e não se mostrou muito favorável a uma revanche imediata: “Estávamos esperando a “Luta do Ano” e o que vimos foi o “Domínio do Ano”. Foi estranho porque, se olharmos todas as outras lutas de Borrachinha, ele sempre foi para cima dos adversários como se eles lhe devessem dinheiro. Nesta, eu acho que ele acertou um jab a luta inteira. Não tentou o clinche na grade, não tentou pressionar, ficou voltando ao centro do octógono. Foi muito estranho”.

Agora é esperarmos para ver o que Dana White prepara para a divisão dos médios e seu campeão indiscutível, Israel Adesanya.

Você concorda com uma revanche imediata ou o brasileiro terá que começar a escalada novamente rumo ao título?