Conteúdo

Para Rosberg, as decisões de Abu Dhabi ajudaram e prejudicaram os dois candidatos ao título: "ficou em 1 a 1”

10 de janeiro de 2022

(por Rafael Lima)
 

O polêmico GP de Abu Dhabi, que terminou com a vitória e o título mundial para Max Verstappen, segue rendendo opiniões até hoje. 

Desta vez, quem opinou foi o ex-campeão Nico Rosberg, que avaliou as decisões da FIA durante a corrida e não viu favorecimento absoluto para nenhum dos lado. Segundo ele, os dois foram ajudados e prejudicados de forma igual. “Eu disse que tinha sido bom o que eles [os comissários] fizeram no incidente do início da corrida, mas acho que naquele momento, as coisas se desenrolaram a favor do Lewis [Hamilton] e ele deveria ter deixá-lo [Verstappen] passar”, disse o alemão para a Sky Sports.  “Então, ficou em 1 a 1 em termos de decisões fundamentais durante a corrida, acho que está tudo bem”, definiu, lembrando a decisão final da relargada.