Conteúdo

Para dono dos Senators, ida de Dominik Hašek às Olimpíadas custou o título em 2006

24 de dezembro de 2021

(Por Diego Dias)

O proprietário do Ottawa Senators Eugene Melnyk se mostrou favorável a recente decisão da NHL de não ceder seus jogadores para a disputa dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022. Para Melnyk, ter cedido o goleiro tcheco Dominik Hašek, um dos principais jogadores da equipe, para o Jogos de Turim 2006 foi determinante para a equipe não ter disputado a Stanley Cup naquele ano.

"Você nunca quer ver um jogador seu se machucando." disse Eugene a Bruce Garrioch (Postmedia). "É um pesadelo que eu vivi, e que nos custou uma provável Stanley Cup. Aquele era nosso ano, nossa chance, e nos foi tirado tudo." completou.

Em 2005/2006, os Sens tiveram uma das temporadas mais dominantes de sua história e tinham um já veterano de 41 anos Hašek registrando 92.5% de defesas e 2.09 gols sofridos de média em 43 apresentações. A equipe da capital canadense então permitiu que Dominik disputasse o torneio olímpico pela República Tcheca nos alpes italianos, mas o goleiro acabou sofrendo uma lesão no músculo adutor na partida inaugural e acabou perdendo o restante da temporada.

Sem Hašek, Ottawa ainda ficou com a melhor campanha da conferência Leste, mas foi eliminada na segunda rodada dos playoffs. O goleiro assinaria com o Detroit Red Wings naquela offseason enquanto os Senators disputariam a Stanley Cup no ano seguinte, mas a perderiam para o Anaheim Ducks.