Conteúdo

Para Deiveson Figueiredo, Brandon Moreno está fugindo da trilogia entre eles: “Ele não quer perder o cinturão”

5 de setembro de 2021

(por Rafael Lima)
 

Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno se enfrentaram pela primeira vez em dezembro do ano passado, no UFC 256, numa luta que terminou em empate majoritário, após o brasileiro ter perdido um ponto por golpe ilegal. Porém, na revanche, em junho deste ano, no UFC 263, Moreno conseguiu vencer com um mata-leão no terceiro round.

Desde a revanche, Figueiredo passou a convocar Moreno para uma trilogia, mas até agora, o campeão não se animou e sugeriu que há outras lutas que quer fazer, incluindo Cody Garbrandt e Alexandre Pantoja. Moreno quer que Figueiredo consiga mais uma vitória antes da disputa pelo título, mas o brasileiro acredita que já conquistou.

“Ele é um trapaceiro. Agora ele está fugindo da luta. Ele sabe que a única luta que vai vender somos eu e ele. Ele não quer perder o cinturão. Ele agora está ainda mais arrogante, mais playboy. Quero a revanche e vou mostrar que não fui bem na segunda luta. Na primeira luta quebrei ele na luta, ele recuou para não ser nocauteado. Eu dei a revanche e agora ele faz uma coisa nojenta dessas? Por que não está na hora? Por que ele não luta no México? O que mais me irrita é vê-lo pagar com prejuízo e não querer nossa trilogia ”, disse Deiveson Figueiredo à AG Fight. “Ele tinha que ser homem e assumir a posição de campeão. Eu defendi (o cinturão) dele. Ele sabe que eu não vou desistir. Vou fazer igual ao primeiro (combate), que estava doente e lutei bem. Tornou-se pessoal. Eu nem gosto de olhar as postagens dele, fico com náuseas. A vontade é lutar com ele. É uma parada de dois fios, quando se encontra, está em curto-circuito, está pegando fogo.” Completou o ex-campeão.