Conteúdo

Os recordes de Michael Jordan mais difíceis de serem batidos

6 de junho de 2020

(por Leonardo Costa)

 
Michael Jordan é sinônimo de recordes e grandes atuações, não em vão é tratado como o maior jogador de basquete da história. E são alguns de seus feitos que o credenciam a tal pedestal. Por isso, resolvemos listar algumas de suas marcas que são quase impossíveis de serem quebradas em um futuro próximo. Vamos a elas:
 
6 vezes eleito MVP das finais
Poucos jogadores na história da NBA chegaram até as finais em seis oportunidades, o que dirá levar para casa o prêmio de melhor jogador por 6 vezes. Quem mais se aproxima de Jordan é LeBron James, que tem três e ainda está na ativa. Tim Duncan, Shaquille O'Neal e Magic Johnson também terminaram suas carreiras com três. Com dois MVP's de finais temos Kawhi Leonard e Kevin Durant, que ainda podem aumentar essa cifra, enquanto que os outros a levarem duas vezes o prêmio são Kareem Abdul-Jabbar, Kobe Bryant, Larry Bird, Hakeem Olajuwon e Willis Reed.
 
 
22 prêmios na NBA
Jordan conquistou 22 troféus ao longo de sua carreira na NBA: seis anéis de campeão, seis MVP's de finais, cinco MVPs de temporada regular, três vezes MVP do All-Star Game, uma vez melhor defensor do ano, além de calouro do ano. Nesse hipotético ranking segue Bill Russell, com 17, sendo 11 deles por seus títulos da liga.
 
 
Maior média de pontos em uma final da NBA
Nas finais da NBA de 1993 contra o Phoenix Suns de Charles Barkley, Jordan teve médias de 41 pontos por partida. Se incluem os 44 que anotou no terceiro encontro, os 55 no quarto e os 41 do jogo cinco. Na história da liga, em nove ocasiões algum jogador teve média de mais de 40 pontos em uma série de playoffs. Cinco delas são de Jordan, que se aposentou com 33,4 pontos de média nas séries finais. Quem mais se aproxima é Allen Iverson com 29,7 e Jerry West com 29,1.
 
 
10 vezes maior pontuador da temporada
Entre 1986 e 1993, Jordan sempre foi o maior pontuador da NBA. Mesmo após voltar de sua primeira aposentadoria também liderou entre 1995 e 1998. No total, 10 temporadas liderandas em pontos. Wlit Chamberlain terminou com sete. A melhor média de Jordan foi na temporada 86-87, com incríveis 37,1 pontos.
 
 
Melhor média de pontos na carreira
Jordan se aposentou com uma média de 20,12 pontos, superando por pouco Wilt Chamberlain, que terminou com 30,06. O astro dos Bulls se retirou da liga pela segunda vez, em 1998, com 31,5 de média, mas diminuiu seus números após voltar às quadras pelos Wizards, no qual teve "apenas" 21,2 pontos de média.
 
 
MVP, maior pontuador e melhor defensor
Jordan é provavelmente o jogador mais completo da história do basquete. Sua temporada 1987-88 ratifica essa afirmação, já que o astro foi eleito MVP da temporada regular, melhor defensor e o maior pontuador do campeonato.