Conteúdo

Opinião - Flamengo de Paulo Sousa passa vergonha no Maracanã e treinador balança. Com razão?

5 de junho de 2022

(por Rafael Lima)

O Flamengo era favoritaço diante do Fortaleza, lanterna do Brasileirão, no Maracanã. O time cearense não tinha nenhuma vitória na Série A deste ano e, mesmo assim, conseguiu derrotar o rubro-negro por 2 a 1, fazendo o time de Paulo Sousa sair sob fortes vaias e críticas do estádio, numa situação bastante difícil para a comissão técnica do português.

Mas, a torcida tem razão em protestar?

Se for sem violência, tem toda razão. O time é lento, sem criatividade e muito pouco agudo, características que seguem desde o início do trabalho de Paulo Sousa no rubro-negro, ou seja, a equipe não evolui.

A derrota evidenciou os principais erros do Mengão durante a temporada, a equipe parece muitas vezes perdida em campo, apostando no talento individual para vencer os jogos. A transição lenta e a falta de organização ofensiva, torna o time previsível e o deixa vulnerável para contragolpes.

Toda essa “falta de saber o que fazer”, faz jogadores atuarem abaixo do que podem produzir, causando os tais erros individuais que Paulo Sousa tanto fala. E isso traz problemas ofensivos e defensivos, já que os laterais foram pegos várias vezes em situações adversas, os volantes erraram muitos passes e os atacantes ficaram muito isolados, como acontece em diversas partidas.

Apesar da melhora no segundo contra o Fortaleza com as entradas de Vitinho e Thiago Maia, o Flamengo em nenhum momento deu pinta de que venceria o jogo, tirando o pênalti desperdiçado, nenhuma chance clara foi criada e, se não fosse Hugo Sousa, a tragédia poderia ser ainda maior.

Antes da partida, a expectativa era do Flamengo chegar o G4 ou pelo menos se aproximar disso, já que vinha de três jogos de invencibilidade no Brasileirão e tinha um adversário bastante viável, com apenas dois pontos no campeonato, sem nenhuma vitória.

Esse é o tipo de derrota que balança o treinador e, no caso de Paulo Sousa, que nunca foi unanimidade desde que chegou ao rubro-negro, ela cai como um verdadeiro meteoro. Ainda é improvável que o português caia antes do duelo contra o Bragantino, porém, se não conquistar um triunfo no interior de São Paulo, é provável que o Mengão busque um novo treinador.

Caso seja demitido do Flamengo, Paulo Sousa não terá tantos motivos para reclamar, já que a diretoria bancou sua permanência, mas ele realmente não fluiu. Um treinador que há anos não apresenta um bom trabalho e parece ter sido contratado mais pela grife de ser estrangeiro, do que por bons serviços prestados nas últimas temporadas.