Conteúdo

One Mann Stands! Com atuação espetacular do ala, Clippers revertem desvantagem de 22 pontos, derrotam Jazz e avançam às finais de conferência

19 de junho de 2021

(por Diego Dias)

O Los Angeles Clippers fez história! Depois de ir pro intervalo perdendo por 22 pontos, a equipe novamente mostrou poder de superação sem sua estrela Kawhi Leonard e, com grande noite do ala Terance Mann, virou para cima do Utah Jazz e garantiu presença nas finais de conferência pela primeira vez em sua história, fechando a série em 4-2.

Mann foi o cestinha do duelo com 39 pontos (7 de 10 nos tiros de três pontos) e Paul George anotou outros 28 e beirou um triple-double com 9 rebotes e 7 assistências além de 3 roubadas de bola. Reggie Jackson fez 27 pontos e deu 10 assistências para chegar aos duplos e o francês Nicolas Batum contribuiu com 16 pontos e 7 rebotes. Do lado eliminado, Donovan Mitchell também chegou aos 39 pontos (9 cestas do perímetro) e ficou perto dos triplos com 9 rebotes e 9 assistências. Royce O'Neale (21 pontos e 10 rebotes) e Rudy Gobert (12 pontos e 10 rebotes) fizeram double-double e Jordan Clarkson dividiu a minutagem com Mike Conley e deixou 21 pontos.

Mesmo com força máxima com o retorno de Conley depois de cinco jogos no DM e o até então dúvida Mitchell confirmado pro jogo, o Jazz travou dura batalha no primeiro quarto e trocou cestas com o Clippers. Os angelinos protagonizaram o grande momento do período com o inspirado Mann (que antes havia matado duas bolas seguidas do perímetro) no "rebodunk" sobre Gobert, sendo uma vez mais uma dor de cabeça para o francês Defensor do Ano. Mas uma cesta de Mitchell (autor de 16 pontos no quarto) da linha dos três pontos abriu caminho para Utah assumir a dianteira no placar, em diferença que subiu pra 8 pontos antes de cesta de Marcus Morris de longe e três lances livres convertidos por Paul George cortarem para dois pontos ao fim de 12 minutos.

A disputa deixou de ser parelha no quarto seguinte graças principalmente ao aproveitamento de perímetro das equipes. O Jazz teve contribuição essencial de Clarkson nos dois lados da quadra e a equipe de Salt Lake City engatou uma run de 19x2 para assumir as ações da partida. Os Clippers em contrapartida desperdiçaram as chances nos tiros de longa distância apesar de uma conversão de Reggie Jackson já nos instantes finais. No entanto, duas cestas de três pontos de Mitchell na sequência e uma terceira de Bojan Bogdanović deixaram em 22 pontos a vantagem sobre os californianos (72x50) no soar da sirene.

O intervalo quebrou o ritmo de Utah e a equipe começou o terceiro quarto abusando dos turnovers. Foram dois erros e outras três cestas desperdiçadas, enquanto os Clippers tiveram o brilhantismo de Mann no modo imparável com seus 20 pontos no quarto. A equipe de Los Angeles conseguiu uma run de 17x0 que a devolveu para a disputa, aproveitando também o bom posicionamento para pegar os rebotes em ambos os lados. A menos de dois minutos do fim, Jackson matou uma bola de três que fez pulsar o Staples Center e deixar 90x88 no placar. Pressionado, o Jazz ainda deu uma leve respirada em enterrada de Royce O'Neale e dois lances livres de Mitchell.

Mas, o momento era dos Clippers. Empurrados pelos torcedores, os angelinos assumiram a liderança com cestas de longa distância de Nicolas Batum e Patrick Beverley. A equipe finalmente havia acertado a mira do perímetro, e George e Batum converteram suas chances para abrir um 107x100 no placar. Bogdanović e Micthell tentaram recolocar Utah na partida e evitar uma eliminação, mas a equipe seguia com a mira descalibrada ao mesmo tempo que o nervosismo era aparente, especialmente depois que Los Angeles voltou a se desgarrar com 10 de vantagem. A partir daí, os angelinos apenas administraram o placar e fazer história.

Final: Utah Jazz 119 @ 131 Los Angeles Clippers

Los Angeles agora fará duelo contra a sensação Phoenix Suns valendo o título da conferência Oeste, em série cujo calendário deve ser definido nas próximas horas do final de semana.