Conteúdo

O título é dos foxes! Leicester City faz história e conquista sua primeira Copa da Inglaterra 

15 de maio de 2021

(por Rafael Lima)
 

O Leicester City foi ao estádio de Wembley disposto a fazer história. A equipe, que nunca havia conquistado a Copa da Inglaterra em seus 137 anos de história, entrou em campo disposta a trazer o inédito troféu para a sua galeria.


Tensão, marcação e poucas chances

Jogo tenso, amarrado, com cara de final de FA Cup. A presença de 22 mil torcedores deu um tempero diferente das últimas partidas. 

Nenhuma das equipes conseguia criar chances claras de gol e a decisão era muito mais de imposição física do que de criação de jogadas ofensivas.  

O Chelsea tentava impor algum tipo de pressão, mas parava na má pontaria de seus atacantes e no bom sistema defensivo do Leicester City. A defesa dos foxes travou diversas chances de chutes dos Blues. E assim, os times foram para os vestiários com o placar zerado, mas, no último minutos do primeiro tempo, a grande chance da etapa foi do Leicester, numa cabeçada de Vardy que passou perto.
 

Golaço, sustos e a história sendo escrita

No segundo tempo a postura do Leicester City foi diferente, o time adiantou as linhas e passou a propor mais o jogo. Apesar disso, o Chelsea não se frustrava a atacar e uma cabeçada de Alonso obrigou Schmeichel a fazer uma bela intervenção.

Aos 17 minutos, um golaço! Thomas corta uma saída de jogo ruim de James e aciona Tielemans. O belga ajeita e manda um canudo de fora da área no ângulo de Kepa, que não conseguiu fazer nada. 

O Chelsea passou a ficar mais com a bola, mas a defesa do Leicester estava muito bem postada. Apesar disso, não faltou emoção. Primeiro, aos 32’ do segundo tempo, Kanté levanta na cabeça de Chilwell, que cabeceia para a grande defesa de Schmeichel. Aos 41 minutos, o goleiro dos Foxes mostrou que o gene é bom, Mount, à queima roupa, bateu firme, mas o goleiro dinamarquês fez uma defesaça.

Nos últimos minutos mais um susto. Morgan marca um gol contra que levaria o duelo para a prorrogação, mas o VAR anula por impedimento de Chilwell, que fez o cruzamento para o tento.

Apesar de toda pressão dos Blues nos acréscimos, nada de gol e o título foi para o valente Leicester City.

 

Final: Leicester City 1x0 Chelsea

 

O Leicester City conquista seu segundo título em importância na sua história. Fruto de um trabalho que começou em 2015 com Cláudio Ranieri, transformando um time pequeno em uma equipe média, que consegue incomodar os poderosos e mostrar a graça do futebol. 

Na próxima temporada a aventura é na UEFA Champions League e não dá para duvidar da capacidade desta equipe de surpreender e fazer história. 

Já o Chelsea, busca “consolo” na disputa de título da Champions diante do Manchester City, porém, antes disso, a equipe precisa se garantir na próxima edição da competição europeia, ficando nas quatro primeiras colocações da Premier League.