Conteúdo

Novak Djokovic vence húngaro com autoridade e avança para enfrentar jovem canadense na semifinal de Wimbledon

7 de julho de 2021

(Por Leonardo Costa)

 

Em busca de seu sexto título na grama de Wimbledon, Novak Djokovic mostrou mais uma vez um nível impecável de atuação e venceu o húngaro Marton Fucsovics por 3 sets a 0 em pouco mais de duas horas de partida, com parciais de 6-3/6-4/6-4, garantindo sua vaga entre os quatro melhores do torneio.

No primeiro set da partida, Djoko começou a todo vapor, quebrando os dois primeiros saques do rival. Fucsovics até devolveu uma quebra no sétimo game, quando salvou dois sets points, e garantiu seu serviço seguinte, mas a reação parou por aí e o sérvio levou a parcial por 6-3.

O segundo set foi mais equilibrado, e o líder do ranking só conseguiu a quebra no nono game, para em seguida fechar em 6-4. Por fim, no set decisivo, Djokovic roubou o saque do rival logo no primeiro game, e confirmou seu serviço até o fim, fechando em 6-4 e saindo com o triunfo.

Nas semifinais, Novak Djokovic enfrentará o canadense Denis Shapovalov, de apenas 22 anos, que passou pelo russo Karen Khachanov em um jogaço de cinco sets, vencendo com parciais de 6-4/3-6/5-7/6-1/6-4 após 3h28' de partida.

Será o oitavo duelo entre Djokovic e Shapovalov, com ampla vantagem do sérvio, que venceu em seis ocasiões.