Conteúdo

Norris e Ricciardo admitem não saber o motivo de desempenho ruim do carro

18 de março de 2022

(por Mattheus Prudente)

A McLaren causou muitas expectativas nos testes de Barcelona, mas, com Daniel Ricciardo testando positivo para Covid-19 e a equipe vivendo problemas nos freios com Lando Norris no Barein, as últimas sessões de preparação não foram muito proveitosas. Nos treinos livres, as coisas continuaram ruins, e a dupla de pilotos admitiu que não sabem o motivo do desempenho ruim. 

Quando perguntado sobre a falta de velocidade, Norris sugeriu que talvez o pacote que eles trouxeram para o Barein não esteja funcionando: 

“Eu não faço ideia. Nós só estivemos aqui e não em outras pistas, então só podemos assumir que é o pacote. Se não vai ser aqui, existem muitas outras pistas parecidas com o Barein, então, assim como o pacote, nós teremos que melhorar. Nós veremos o que podemos fazer hoje à noite para melhorar amanhã. Nós temos muito o que fazer se quisermos ser competitivos.” Disse Norris. 

Ricciardo, por sua vez, disse que o carro não está com muita aderência, e que o seu tempo limitado na pista também está atrapalhando: 

“Eu acho que estamos com pouca aderência. Estou me sentindo bem no carro, mas quando não se tem uma aderência boa, você está mais sujeito a erros. Eu acho que podemos sim ser melhores, mas não temos nenhum saco de areia ou coisa assim no momento, então temos muito o que fazer.” Disse Ricciardo. 

Apesar do dia ruim, onde a equipe não conseguiu colocar nenhum carro no top 10 durante os dois treinos livres, Norris encorajou a equipe a continuar trabalhando, já que disse que o carro teve “evolução nítida” nos problemas nos freios, que foi a maior dificuldade encontrada durante os testes do Barein. 

A McLaren viveu muitos problemas desde que chegou no Barein e, apesar de ser considerada uma das equipes que podem brigar por vitórias nesse ano, parece que o primeiro GP da temporada será difícil para a equipe britânica.