Conteúdo

NHL Playoffs - Tampa Bay Lightning tem atuação dominante, vence o Colorado Avalanche e se mantém vivo na briga pelo título

21 de junho de 2022

(por Layo Lucena)

Na noite desta segunda-feira, 20, Tampa Bay Lightning e Colorado Avalanche se enfrentaram no jogo 3 da final da Stanley Cup. Na Flórida, o Lightning reviveu na série em uma atuação dominante de seus jogadores, vencendo a primeira na série contra o Avalanche.

As duas equipes voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, 22, na Flórida.

O Lightning começou melhor a partida, criando mais chances de gols nos primeiros minutos, mas quem marcou primeiro foi o Avalanche, com cinco minutos de jogo. Nichushkin, separado de Vasilevskiy por apenas um defensor, finalizou mal, porém o puck passou exatamente por cima do jogador do Lightning próximo a ele, e o goleiro dos Bolts foi surpreendido pelo disparo "ruim". No entanto, após um desafio da equipe de Tampa, a arbitragem, depois de minutos no "VAR", acusou um impedimento. Zero a zero.

No entanto, não demorou muito para o Avalanche abrir o placar, desta vez não teve nenhuma irregularidade no lance. Landeskog, aos oito, em um power play, aproveitou rebote de Vasilevskiy para marcar o primeiro gol válido da noite.

Poucos minutos depois, aos 13',  Cirelli entrou na área do Avalanche e passou para Maroon, que devolveu para o camisa 71. Na velocidade, Cirelli acabou passando do gol, mas mesmo sem ângulo e ainda caindo de frente, o central conseguiu marcar. Tudo empatado.

Cerca de três minutos depois, o time da casa conseguiu a virada. Palat, já na área dos ‘Avs’, passou para Stamkos, que devolveu para o camisa 18. Com um forte disparo, Palat venceu Kuemper, dando a vantagem no placar para o Lightning.

Logo nos primeiros minutos do segundo período, o Lightning chegou a seu terceiro gol no jogo, em dos poucos erros do Avalanche na noite. A defesa dos Avs errou um passe ainda na sua própria área e o puck ficou na posse de Colton, que serviu para Paul. O camisa 20 só precisou bater Kuemper. Três a um.

A diferença não durou muito, e cerca de quatro minutos depois, Landeskog, em um power play, experimentou de longe, vencendo Vasilevskiy. Três a dois. Aos sete, os Bolts marcaram novamente. Kucherov serviu Stampos após recuperar a posse do puck ainda na área do Avalanche. E o central nem chegou a dominar, já girou e finalizou com muita velocidade. Quatro a dois.

O quinto gol saiu aos 11 minutos. Após jogada rápida bem trabalhada, Maroon saiu na cara de Kuemper. O camisa 14, com uma criativa e impressionante finalização, venceu o goleiro do Avalanche. Depois do gol, Francouz entrou no lugar de Kuemper.

Mas a mudança não surtiu efeito logo de cara, e os Bolts aproveitaram. Em um power play, aos 15', Perry aproveitou o rebote de Francouz para marcar o sexto gol do Lightning na noite.

O terceiro período começou, e com ele só tivemos brigas, confusões e trocas de socos bem animadas. O gol, que é bom, não saiu mais. O Lightning já estava satisfeito com a situação, enquanto o Avalanche não conseguiu criar em cima dos donos da casa.

Fim de jogo: Colorado Avalanche 2 x 6 Tampa Bay Lightning - (COL 2 x 1 TB)

Steven Stamkos (Lightning): um gol e uma assistência

Nikita Kucherov (Lightning): duas assistências

Nick Paul (Lightning): um gol