Conteúdo

NHL Playoffs - Com gol nos segundos finais, Tampa Bay Lightning garante segunda vitória seguida na série contra o Florida Panthers

19 de maio de 2022

(por Layo Lucena)

Na noite desta quinta-feira (19), o Tampa Bay Lightning e o Florida Panthers se enfrentaram na segunda partida da série entre os dois times. Após o resultado de hoje, só podemos falar uma coisa: a situação está muito complicada para os Panthers.

Os Bolts ganharam os dois primeiros jogos da série “roubando” a vantagem de jogar em casa dos Panthers. Agora, nos próximos dois duelos, as duas equipes vão permanecer na Flórida, mas deixaram Sunrise, casa dos Panthers, para atuar em Tampa, lar do Lightning, a partir deste domingo (22).

Resumo do jogo:

As duas equipes entraram no gelo com uma mentalidade diferente uma da outra. Os Panthers queriam, claramente, se impor fisicamente, o que acabou resultando em três confusões com apenas dois minutos da partida, e o time não abriu mão da tática durante todo o confronto; já o Lightning queria atacar, mas também se defender da melhor maneira possível, sempre visando uma rápida transição ataque-defesa.

Das duas estratégias, a do Lightning se saiu melhor no primeiro período. Com pancadas e mais pancadas, os Panthers perderam um jogador por conta de falta, e com superioridade numérica, os visitantes se aproveitaram. Perry, no power play, após jogada de Hedman e Stamkos, abriu o placar do jogo.

Atrás no marcador, os Flames voltaram para o segundo período mais focados no ataque, mas sem esquecer de espremer o "coleguinha" rival sempre que possível. Essa mudança de tática demorou para ser efetiva, porém deu resultados no decorrer do período. Aos 18’, Luostarinen empatou o jogo em um “frango” de Vasilevskiy, que voltou a si logo depois, salvando outras duas chances claras dos Panthers.

A equipe da casa foi melhor no último período. Com mais posse do puck e criando boas oportunidades, coube a Vasilevskiy, que falhou no gol, a mostrar todo o seu valor, terminando a partida sendo um dos destaques. Do outro lado tivemos uma das melhores defesas da pós-temporada até aqui. Bobrovsky “roubou” o que seria a virada do Lightning, depois de deixar o gol livre e se recuperar, com uma das luvas, de maneira “milagrosa”. Porém, isso não foi o bastante, e os Bolts marcaram faltando quatro segundos para o fim, após Colton passar despercebido pela defesa dos Panthers e bater Bobrovsky.

Fim de jogo: Tampa Bay Lightning 2 x 1 Florida Panthers (TB 2 x 1 FLA)

Ross Colton (Lightning): um gol

Andrei Vasilevskiy (Lightning): 36 defesas

Sergei Bobrovsky (Panthers): 25 defesas