Conteúdo

NFL fará pesquisas sobre analgésicos alternativos, incluindo maconha

9 de junho de 2021

(por Layo Lucena)

A NFL e o Sindicato dos Jogadores da liga anunciaram nesta terça-feira (8) o lançamento de um fundo de US $1 milhão de dólares para financiar estudos relacionados à formas alternativas aos analgésicos derivados de opióides, com foco principal no uso de maconha.

O fundo financiará até cinco pesquisas, que serão anunciadas até o final de novembro. Com o avanço da liderança da maconha nos Estados Unidos, cresce o número de jogadores que querem usar a cannabis de forma medicinal.

Existem, no entanto, preocupações quanto ao impacto na performance dos jogadores e a segurança desse tipo de tratamento. Por isso, o comitê formado pela NFL e o sindicato dos atletas lançou esse fundo para receber pedidos de financiamento para estudos sobre o tópico.  

“Quando falamos sobre atletas de elite usando CBD (substância extraída da cannabis), nós queremos nos certificar de que, primeiro, é seguro, segundo, é eficaz. Não acho que estamos nesse ponto ainda”, afirmou Dr. Allen Sills, chefe médico da NFL.

São vários os casos de jogadores que acabam se viciando em analgésicos derivados de opióides por utilizá-los de forma indiscriminada para tratar dores. Brett Favre, ex-quarterback dos Packers, reveleu que o vício nesse tipo de remédio quase o levou suicídio.