Conteúdo

Neymar diz querer jogar na MLS porque teria mais tempo de férias do que no Brasil

21 de fevereiro de 2022

(Por Leonardo Costa)

 

Incrível a capacidade que Neymar tem em gerar polêmica nas redes após declarações. Muito além do futebol apresentado dentro das quatro linhas, com direito a recorrentes lesões, o astro brasileiro consegue conturbar sua vida extracampo com certos posicionamentos e atitudes.

A mais recente polêmica que repercutiu contra o jogador, foi uma declaração ao podcast 'Fenômenos', programa de entrevistas comandado por Ronaldo Nazário e pelo streamer Gaulês. No bate-papo, Neymar revelou o desejo de jogar na MLS, e não cravou que voltaria a jogar no Brasil. Porém, foi a motivação da futura escolha que chamou a atenção.

"Tenho dúvidas sobre voltar a jogar no Brasil. Tenho vontade de jogar pelo menos uma temporada nos Estados Unidos. Lá o campeonato é curto, tem uns 3 meses de férias", disse Neymar aos entrevistadores.

Evidentemente, o papo com Ronaldo e Gaulês fez com que Neymar se sentisse mais a vontade, ao ponto de fugir um pouco do script normal de jogadores que dizem que vão voltar ao Brasil, ao clube do coração, para encerrar a carreira. Porém, vindo do astro do PSG, a declaração soou como falta de compromisso do atleta, que escolhe o local de trabalho pensando no tempo de férias.

Fosse qualquer outro jogador, a frase não repercutiria tanto, mas Neymar já é alvo recorrente de críticas, sobretudo por sua falta de protagonismo na Seleção Brasileira, mesmo sendo o artilheiro disparado da atual geração. Entretanto, vejo apenas como um desejo legítimo de quem há anos se dedica ao futebol, e que pode se dar o direito de escolher onde jogar no final de carreira.

E tem mais. Obviamente, ele seria muito bem remunerado para atuar 'pouco' na MLS, em um caminho normal trilhado por diversos craques, como Lampard, Villa, Pirlo, e até mesmo Kaká, apenas para citar alguns. A diferença é simples: nenhum deles escancarou o motivo tal como fez Neymar.