Conteúdo

Nets viram pra cima dos Nuggets; Curry dita massacre dos Warriors; Sixers vencem pela 8ª vez; Jazz chegam a 50 vitórias e mais

9 de maio de 2021

(por Diego Dias)

Confira como foi a rodada de sábado (08) na NBA:

Detroit Pistons 104 @ 118 Philadelphia 76ers

Os Sixers venceram pela oitava vez consecutiva e seguem fortes na briga pela melhor colocação da conferência Leste, que lhes dará mando de quadra em todas as fases dos playoffs. Já Detroit, lanterna consolidado da conferência, pouco fizeram para evitar os 20 pontos de diferença no início do segundo quarto mas diminuíram na ida para o intervalo para 13. Mas a partir do terceiro quarto a disputa entre duas escolhas de loteria de Philadelphia (Joel Embiid e Jahlil Okafor) já era desigual, com Embiid (que recebeu gritos de "MVP" no Wells Fargo Center) chegando aos 23 pontos após uma cesta de três contra apenas 4 pontos de Jahlil. Uma tônica do que foi o enredo do duelo entre as equipes.

O pivô camaronês terminou com 29 e foi o cestinha da noite. Tyrese Maxey (4 assistências e 2 roubos) anotou outros 22 pontos enquanto Tobias Harris marcou 18 pontos e Dwight Howard teve 19 pontos e 14 rebotes para obter um double-double. Pelos Pistons, os melhores pontuadores foram Saddiq Bey (7 rebotes) e Jerami Grant (2 tocos) com 14 pontos cada um enquanto Frank Jackson saiu do banco e deixou 11 pontos.


San Antonio Spurs 102 @ 124 Portland Trail Blazers

Com chances de pegar um lugar entre os classificados de forma direta aos playoffs, os Blazers contaram com grande partida da dupla Damian Lillard e CJ McCollum para manter a boa fase de Portland nesta reta final. Os Spurs até estiveram melhores no primeiro quarto graças às cestas de DeMar DeRozan, mas a partir do período seguinte os Blazers tomaram conta das ações e chegaram a ter 16 de vantagem no terceiro quarto, aumentando no quarto período mesmo com Lillard e Jusuf Nurkic poupados.

Lillard teve 30 pontos e 8 assistências e foi acompanhado pelos 27 pontos de McCollum, Nurkic também ficou perto do double-double ao terminar com 17 pontos e 9 rebotes e Norman Powell marcou outros 18 pontos. Do lado de San Antonio, que ainda briga por play-in, DeRozan foi o principal pontuador com 20 e Lonnie Walker teve 18 pontos (4 em 6 do perímetro) e 8 rebotes enquanto Dejounte Murray anotou 15 pontos e deu 5 assistências.


Oklahoma City Thunder 97 @ 136 Golden State Warriors

Outra performance digna dos gritos de "MVP" entonados no Chase Center para Stephen Curry. Foram 24 pontos somente no quarto inicial e mais 11 cestas de três pontos convertidas pela estrela (season-high) na noite para liderar os Warriors a um resultado sem sustos diante do jovem plantel do Thunder e que mantém a equipe forte na briga pelo play-in. Diante de tal atuação, OKC nada pôde fazer para diminuir o prejuízo de 25 pontos na volta do intervalo e ainda viu a diferença se dilatar chegando a 48 no decorrer do último quarto.

Curry acabou como cestinha com 49 pontos e teve Draymond Green (15 pontos e 13 assistências e Jordan Poole (16 pontos com 4 de 8 de longa distãncia) como escudeiros e Andrew Wiggins anotou outros 18 pontos. Já Oklahoma, derrotado pela 6ª vez seguida, teve os 17 pontos de Sviatoslav Mykhailiuk e os 16 pontos de Luguentz Dort como destaques.


Memphis Grizzlies 109 @ 99 Toronto Raptors

Com boa performance do ala DeAndre Melton no último quarto (4 cestas de três pontos no período), os Grizzlies conquistaram uma importante vitória na luta por um lugar no play-in. Depois de um primeiro tempo equilibrado, a equipe de Memphis abriu vantagem no terceiro quarto e colocou 12 de frente em bola certeira de longa distância de Jaren Jackson Jr. Os Raptors até enconstaram em cestas de Malachi Flynn e Gary Trent Jr também da linha de três pontos, mas a artilharia de perímetro de melton e a presença de garrafão do lituano Jonas Valanciunas deram o resultado aos Grizzlies.

JJJ foi o cestinha de Memphis no jogo com 20 pontos, mas a atuação coletiva da equipe foi destaque e sete jogadores tiveram dois dígitos em pontuação. Valanciunas (4 tocos) anotou outro double-double, agora de 18 pontos e 21 rebotes enquanto Kyle Anderson teve 16 pontos. Já por Toronto, Pascal Siakam e Trent Jr marcaram 18 pontos cada e Jalen Harris deixou outros 16.


Brooklyn Nets 125 @ 119 Denver Nuggets

Os Nuggets tomaram conta de toda a primeira metade da partida e mesmo tendo um desfalque de última hora em Aaron Gordon e com um quinteto bastante alternativo em quadra em alguns trechos, abriram 21 pontos de vantagem minutos antes do intervalo. Mas os Nets mostraram poder de ração e foram cortando a diferença durante todo o terceiro quarto (com certa facilidade) com direito a 16 pontos de Blake Griffin, e viraram no último período em cesta de longe de Joe Harris para não olhar mais para trás. Nikola Jokic ainda teve uma última chance a 24 segundos do final, mas sem sucesso. No fim, dois lances livres convertidos por Kevin Durant selaram o resukltado.

KD ficou perto do triple-double ao obter 33 pontos, 11 rebotes e 7 assistências e Kyrie Irving anotou outros 31 enquanto Griffin terminou com 20 pontos. Por Denver, Jokic (29 pontos, 7 rebotes e 6 assistências) e Michael Porter Jr (28 pontos, 6 em 10 do perímetro) foram os principais jogadores, assim como o argentino Facundo Campazzo e seus 19 pontos. 


Houston Rockets 116 @ 124 Utah Jazz

O Jazz encerrou sua homestand de 5 partidas com 100% de aproveitamento ao superar os desfalcados e lanternas da conferência Rockets e de quebra foi a primeira equipe a atingir 50 vitórias na temporada. Mesmo tendo um backcourt sem os lesionados Mike Conley e Donovan Mitchell, o time de Salt Lake City quase não passou sustos no duelo e abriram 22x7 logo de início. Mas os Rockets, lançando mão de um "small ball", conseguiram reverter a situação e até pularam na frente no início do segundo quarto abrindo 7 de diferença. No entanto o melhor conjunto de Utah se sobrepôs e o Jazz, depois de ir pro intervalo com 66x60 a favor, aumentou a distância para 21 pontos e não permitiu uma resposta de Houston.

Georges Niang foi o grande nome do Jazz ao empatar seu career-high em pontos (24) tendo 6 acertos em oito tentativas do perímetro. O croata Bogdan Bogdanovic chegou aos 20 pontos e o reserva Jordan Clarkson anotou outros 21. Do lado dos Rockets, Kyri Thomas (5 roubos e 2 tocos) e Kenyon Martin Jr (10 rebotes e 4 de 8 da linha dos três pontos) marcaram 27 pontos cada e DaQuan Jeffries beirou um double-double com 17 pontos e 7 rebotes.


Washington Wizards 133 @ 132 Indiana Pacers (OT)

Veja aqui como Russell Westbrook alcançando Oscar Robertson com mais um triple-double e Bradley Beal imparável comandaram o triunfo dos Wizards sobre os Pacers de Domantas Sabonis na prorrogação.