Conteúdo

A NBA está de volta! Jogando como campeões, Bucks vencem os Nets de forma tranquila

20 de outubro de 2021

(por Rafael Lima)

A NBA voltou para a sua 75ª temporada com um confronto entre os atuais campeões, Bucks, e os maiores favoritos ao título de 21/22, Nets.

Antes do início do duelo, muita festa no Fiserv Forum com a entrega dos anéis de campeões aos jogadores e a suspensão do banner referente ao título de Milwaukee, apresentada por Khris Middleton, levando os torcedores à loucura.

Motivados com toda a festa pela conquista da temporada passada, os Bucks começaram melhores, abusando dos arremessos de três pontos e Giannis Antetokounmpo dando seu show particular dos dois lados da quadra, defendendo e atacando a cesta com muita personalidade e eficiência.

Milwaukee seguiu tomando conta do jogo, Khris Middleton certeiro de média e longa distância para ajudar a manter o time da casa na frente. Mesmo com as altas performances, Antetokounmpo seguiu sendo soberano na partida, o verdadeiro ponto de desequilíbrio do duelo. 

James Harden tentava manter Brooklyn na disputa o tempo todo, liderando os Nets na metade final do segundo período, para derrubar uma desvantagem de 20 para sete pontos no intervalo (66-59).

Apesar do ótimo primeiro tempo, nem tudo foram flores para o Milwaukee Bucks, já que Jrue Holiday sofreu uma lesão que o tirou da partida. Mesmo assim, Giannis continuava tendo uma partida espetacular, sendo o principal motivo dos Bucks não sofrerem no jogo. 

Na frente durante todo o duelo, Milwaukee passou a ter dificuldades em defender Kevin Durant e Patty Mills, perfeito do perímetro com 7 arremessos tentados e convertidos. Só que o ataque dos anfitriões seguia “on fire”, não deixando Brooklyn se aproximar. No final, os reservas das duas equipes foram para a disputa e o confronto terminou com os atuais campeões demonstrando que vem com tudo para o bicampeonato.
 

Final: Brooklyn Nets 104-127 Milwaukee Bucks


 

Os Bucks voltaram fortes para a temporada, apresentando excelente entrosamento, grande poder defensivo e armas poderosas do perímetro. Se isso não bastasse, Giannis Antetokounmpo ainda jogou com a potência de sempre dos dois lados da quadra, anotando 32 pontos, 14 rebotes e 7 assistências. Vale ressaltar também os trabalhos de Middleton e Pat Connaughton, com 20 pontos cada.

Do outro lado, o Brooklyn Nets ainda precisa de coesão coletiva, pois as principais armas da equipe estão no isolation de Kevin Durant (32pts e 11reb) e nas tentativas de Harden (20pts, 8reb e 8ast), além dos arremessos de fora de Patty Mills (21pts), nesta partida. Com um elenco apontado como o mais recheado de talento da liga, Steve Nash terá que quebrar a cabeça para fazer esse plantel jogar como um time, isso sem contar com a ausência de Kyrie Irving, que parece um problema sem uma breve solução. Início no mínimo estranho para a franquia nova-iorquina.