Conteúdo

NBA Draft 2021 - Conheça mais sobre Jalen Green

21 de julho de 2021

(por Arthur Wippel)
 

Atleta: Jalen Green

País: Estados Unidos

Data de nascimento: 09/02/2002

Altura: 1,96m
Peso: 82kg

Envergadura: 2,02m
Posição: ala-armador

 

Estrela desde os tempos de ensino médio, onde jogou pela San Joaquin Memorial High School e, posteriormente, por Prolific Prep, ambas na Califórnia, Jalen Green se destacou como um dos principais prospectos americanos pelo seu jogo explosivo e invejável postura dentro das quadras.

Em 2020 era o 1º colocado na lista dos principais jogadores saindo do high school pela ESPN, superando Cade Cunningham (2º) e Evan Mobley (3º). Naquele ano tomou a curiosa decisão de atuar na G-League em vez de seguir para um programa universitário. Na G-League foi companheiro de Jonathan Kuminga, atuando por Ignite.

Dono de um primeiro passo espetacular, Jalen Green impressiona pela sua explosão e facilidade em atacar o aro. O atleticismo é seu ponto forte não só pela explosão, mas também por um controle corporal destacável, tornando-o quase imparável quando encontra um espaço para disparar em direção à cesta.

O mesmo atleticismo é nítido no lado defensivo da quadra, porém, num estágio mais inicial, onde Green ainda tem um longo caminho a percorrer para também se destacar como um defensor acima da média.

Entretanto, com a ética de trabalho que possui, que faz Jalen Green buscar um constante desenvolvimento em todas as áreas de seu jogo, não é difícil de imaginar minimamente uma entrega do jovem ala-armador na defesa, fato esse que se mostrou presente ao longo de sua temporada na G-League.

Como arremessador, Green vem evoluindo ao longo dos últimos anos e, atuando por Ignite, Green apresentou 36,5% de aproveitamento nos três pontos, além de confiáveis 82,9% na linha de lance-livre. 

Sobre a G-League, é válido ressaltar que a nítida dificuldade encontrada nas partidas pela presença de jogadores experientes, com passagem pela NBA e fisicamente mais fortes, Green pode apresentar menos dificuldade na transição para sua temporada de calouro, ao contrário de jogadores oriundos do basquete universitário, onde o nível de dificuldade é mais baixo, sobretudo pela parte física do jogo.

Importante destacar que Green mostrou boa evolução como playmaker ao longo da última temporada. Em seus oito primeiros jogos por Ignite, Green anotou 2,4 assistências por partida; já em seus últimos quatro jogos essa média subiu para 4,4 assistências, sendo nítida a evolução de Green no trabalho de servir seus companheiros, constantemente encontrando-os em posição favorável para pontuarem com pouca ou sem nenhuma contestação.

Caso continue evoluindo nesse quesito, Jalen Green pode oferecer uma opção de playmaker secundário para uma equipe, além de apresentar potencial para se tornar o principal pontuador do time. Green possui a mentalidade e a capacidade de no futuro se tornar o principal jogador da classe. Para isso, deverá se desenvolver fisicamente e manter a vontade por se tornar um jogador cada vez melhor.